Biblioteca comunitária: ação alternativa em face da política pública de leitura

Autores

  • Áurea Regina Guimarães Thomazi UEMG
  • Raquel Garcia Gonçalves UFMG
  • Gilmara Cássia Machado UFMG
  • Gleice Matias Bacelar Universidade Estácio de Sá

DOI:

https://doi.org/10.18224/educ.v19i3.5466

Resumo

Resumo: Este artigo relata parte de uma pesquisa sobre bibliotecas comunitárias que visam propiciar o acesso à leitura. Buscou-se conhecer os principais obstáculos internos e externos vivenciados nessas bibliotecas, para sua manutenção e continuidade, assim como suas possibilidades e perspectivas. Apoiou-se no referencial teórico, principalmente da sociologia da leitura e da ciência da informação, ao lado de uma pesquisa de campo de caráter qualitativo, em seis bibliotecas comunitárias. Os dados dessa análise indicam que, apesar dos obstáculos, principalmente de ordem financeira, essas bibliotecas têm se tornado uma forma de gestão alternativa diante das lacunas de uma política pública de leitura. Palavras Chave: Biblioteca Comunitária; Ação coletiva; Prática de Leitura; Política Pública.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Áurea Regina Guimarães Thomazi, UEMG

Graduada em Ciências Sociais pela Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas - Universidade Federal de Minas Gerais; Especialista em Ciências Sociais Aplicadas à Educação _ Faculdade de Educação da UFMG; Mestre em Ciências da Educação - Université René Descartes – ParisV, Sorbonne; Doutora em Ciências da Educação - Université René Descartes, Paris V, Sorbonne . Professora adjunta da Faculdade de Ciências Humanas, no Mestrado Profissional em Gestão Social, Educação e Desenvolvimento Local, do Centro Universitário UNA e no Curso de Pedagogia da Faculdade de Educação da Universidade do Estado de Minas Gerais- UEMG.

Raquel Garcia Gonçalves, UFMG

Graduada em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade Federal de Minas Gerais; mestre em Geografia pela Universidade Federal de Minas Gerais; doutora em Planejamento Urbano e Regional pelo Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano e Regional - IPPUR/UFRJ (2005). Professora Adjunta e chefe do Departamento de Urbanismo da Escola de Arquitetura da UFMG. Professora do Programa de Pós-Graduação em Arquitetura e Urbanismo (NPGAU) da UFMG.

Gilmara Cássia Machado, UFMG

Historiadora, Especialista em História e Culturas Políticas, Mestre em Gestão Social, Educação e Desenvolvimento Local pelo Centro Universitário UNA sendo bolsista pela FAPEMIG. Doutoranda em Ciência da Informação pela UFMG, Coordenadora de Pesquisa e dos Programas de Stricto Sensu do Grupo ANIMA e professora do curso de Pedagogia do Centro Universitário UNA.

Gleice Matias Bacelar, Universidade Estácio de Sá

Especialização em Docência no Ensino Superior pela Universidade Estácio de Sá, Graduação em Pedagogia pelo Centro Universitário UNA.

Downloads

Publicado

21.02.2017

Como Citar

THOMAZI, Áurea R. G.; GONÇALVES, R. G.; MACHADO, G. C.; BACELAR, G. M. Biblioteca comunitária: ação alternativa em face da política pública de leitura. Revista Educativa - Revista de Educação, Goiânia, Brasil, v. 19, n. 3, p. 1066–1088, 2017. DOI: 10.18224/educ.v19i3.5466. Disponível em: https://seer.pucgoias.edu.br/index.php/educativa/article/view/5466. Acesso em: 15 jun. 2024.

Edição

Seção

Ponto de Vista