A URBANIZAÇÃO DO BAIRRO DE ITAPUÃ, SALVADOR (BA)

Aline Machado de Farias Rosa, Gabriel Barros Gonçalves de Souza, Marília Moreira Cavalcante

Resumo


O crescimento desordenado das cidades acompanhado da falta de planejamento urbano têm como consequência a segregação socioespacial e as desigualdades urbanas. O presente trabalho teve como finalidade compreender as interferências causadas pela urbanização no bairro de Itapuã, Salvador – BA. Para isso foi realizada uma revisão literária e uma análise quantitativa representada através de gráficos e mapas. Os resultados obtidos demonstraram que a expansão urbana da cidade de Salvador e em Itapuã são caracterizadas pela distribuição espacial determinada pelo poder socioeconômico da população. No bairro de Itapuã, os habitantes de alta renda situam-se na área nordeste e na orla marítima, enquanto nas proximidades da Lagoa do Abaeté, zona carente de serviços e infraestrutura urbana, residem a população de baixa renda. A ocupação heterogênea, gerou diferentes perfis de zonas habitacionais quanto a densidade demográfica e a distribuição de renda mensal, resultando na existência de ambientes planejados com acesso a serviços urbanos e outros carentes destas comodidades, estabelecendo assim, uma dicotomia urbana no bairro.

Palavras-chave


Planejamento Urbano. Ocupação desordenada. Segregação socioespacial

Texto completo:

PDF

Referências


ACIOLY, Claudio; DAVIDSON, Forbes. Densidade urbana: um instrumento de planejamento e gestão urbana. Rio de Janeiro: Mauad, 1998.

ALMEIDA, Paulo Henrique. A Economia de Salvador e a Formação de sua Região Metropolitana. Salvador: EDUFBA, pp. 13-52, 2008.

ANDRADE, Adriano Bittencourt; BRANDÃO, Paulo Roberto Baqueiro. Geografia de Salvador. 2. ed. Salvador: EDUFBA, 2009.

BRASIL. Constituição da República Federativa do Brasil. Brasília: Senado, 1998. Disponível em: . Acesso em: 28 dez. 2020.

CABRAL, Laíse do Nascimento; CÂNDIDO, Gesinaldo Ataíde (2019). Urbanização, vulnerabilidade, resiliência: relações conceituais e compreensões de causa e efeito. Revista Brasileira de Gestão Urbana, v. 11, p. 01-13, 2019.

CARVALHO, Inaiá Maria Moreira de; PEREIRA, Gilberto Corso. As “Cidades de Salvador”. In: Como anda Salvador e sua região metropolitana. 2. ed. Salvador, BA: EDUFBA, 2008a.

CARVALHO, Inaiá Maria Moreira de; PEREIRA, Gilberto Corso. Como anda Salvador e sua Região Metropolitana. 2. ed. Salvador: EDUFBA, 2008b.

CARVALHO, Inaiá Maria Moreira; PEREIRA, Gilberto Corso. Metrópoles: território, coesão social e governança democrática. 1. ed. Rio de Janeiro: Letra Capital: Observatório das Metrópoles, 2014.

CRUZ, Thiago Conceição. Ganhadeiras de Itapuã: as Formas de Dizer de Si. 2019. 46 f. Monografia (Bacharel em Comunicação com habilitação em Urbanismo) – Faculdade de Comunicação da Universidade Federal da Bahia, Salvador, 2019. Disponível em: < https://repositorio.ufba.br/ri/bitstream/ri/29989/1/GanhadeirasFormasdedizerdesiPDF.pdf>. Acesso em: 14 jan. 2021.

CONDER – Companhia de Desenvolvimento Urbano do Estado da Bahia. Painel de informações dados socioeconômicos do município de Salvador por bairros e prefeituras-bairro. Salvador: CONDER, 2016. 189p. Disponível em:

. Acesso em: 19 jan. 2021.

GUIMARÃES DA SILVA, Paulo Roberto. Identidade, Territorialidade e Ecologismo: o Caso da Lagoa do Abaeté. Caderno CRH. Salvador, v.6, n.18, p. 117-137, 1983.

INEMA – INSTITUTO DO MEIO AMBIENTE E RECURSOS HÍDRICOS. Abaeté – Parque Metropolitano Lagoas e Dunas do Abaeté. [s.d]. Disponível em: < http://www.inema.ba.gov.br/gestao-2/parques-metropolitanos/parque-metropolitano-lagoas-e-dunas-do-abaete/historico/> Acessado em: 01 Out 2021.

INSTITUTO BRAS DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA (IBGE). Censo Demográfico de 2010. Rio de Janeiro. Disponível em: . Acessado em: 19 jan. 2021.

MARICATO, Ermínia. Metrópole, legislação e desigualdade. Estudos Avançados, São Paulo, v.17, n.48, p.151-166, maio/ago. 2003. Disponível em: . Acesso em: 29 jan. 2020.

MARICATO, Ermínia. Metrópole na periferia do capitalismo: ilegalidade, desigualdade e violência. São Paulo, Hucitec, 1996.

OLIVEIRA, Anderson Gomes de. A periferia de Salvador: avaliação da qualidade de vida em áreas de intervenção habitacional para população de baixa renda. 2007. 157 f. Dissertação (Mestrado em Geografia) – Institudo de Geociências, Universidade Federal da Bahia. Salvador, 2007.

PNUD - Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento no Brasil. Relatório do Desenvolvimento Humano 2006. Disponível em: . Acesso em: 21 jan. 2021.

PREFEITURA MUNICIPAL DE SALVADOR. Lista de Bairros (Prefeitura Bairro). Disponível em: . Acesso em: 12 abril 2022.

PREFEITURA MUNICIPAL DE SALVADOR. Plano Salvador 500: Salvador hoje e suas tedências. 2015 Em: < https://www.cms.ba.gov.br/uploads/pddu/Salvador%20hoje%20e%20suas%20tendencias.pdf> Acesso em: 12 de janeiro de 2021.

PREFEITURA MUNICIPAL DE SALVADOR. Secretaria Municipal da Saúde de Salvador. Distrito Sanitário Itapuã. 2004. Em: Acesso em: 12 de janeiro de 2021.

PREFEITURA MUNICIPAL DE SALVADOR. Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano, Habitação e Meio Ambiente — SEDHAM; Coordenadoria Central de Produção de Indicadores Urbano-Ambientais — COPI. CADERNOS DA CIDADE: uso e ocupação do solo. Salvador. v. 1, p 1-79, 2009.

PREFEITURA MUNICIPAL DE SALVADOR. Secretaria Municipal da Fazendo -SEFAZ; Fundação Mario Leal Ferreira – FMLF. Mapeamento Cartográfico de Salvador. 2017. Salvador. Disponível em: . Acessado em: 2 set. 2021.

PREFEITURA MUNICIPAL DE SALVADOR. Secretaria Municipal de Infraestrutura e Obras Públicas. Terceira etapa de requalificação da orla no Farol de Itapuã é iniciada. Salvador, BA, novembro, 2020. Disponível em: < http://seinfra.salvador.ba.gov.br/index.php/noticias/509-terceira-etapa-de-requalificacao-da-orla-no-farol-de-itapua-e-iniciada>. Acesso em: 12 de fev. de 2021.

SANTOS, Milton. A urbanização brasileira. 5 ed. São Paulo: Editora da Universidade de São Paulo, 2009.

SERPA, Ângelo. Cidade popular: trama de relações sócio-espaciais. 1 ed. Salvador: EDUFBA, 2007a.

SERPA, Ângelo. Periferização e metropolização no Brasil e na Bahia: O exemplo de Salvador. GeoTextos, v. 3, n. 1 e 2, p. 31-46, 2007b.

SOARES, Antonio Mateus de Carvalho. "Territorialização" e Pobreza em Salvador- BA. Estudos Geográficos: Revista Eletrônica Geogr., v. 4, n.2, 2006.

SOARES, Cecília Moreira. Mulher negra na Bahia do século XIX. Salvador: EDUNEB, 1994.

SOBRAL, Helena Ribeiro W.; SILVA, Carlos Celso do Amaral e. Balanço sobre a situação do meio ambiente na metrópole de São Paulo. São Paulo em Perspectiva, v. 3, n. 4, p. 75-81, 1989.

SPOSITO, Maria Encarnação Beltrão. Capitalismo e urbanização. São Paulo: Contexto, 1991. Disponível em: < http://www.faed.udesc.br/arquivos/id_submenu/1415/capitalismo_e_urbanizacao___maria_encarnacao_beltrao_sposito__pdf_rev.pdf>. Acesso em: 5 fev. 2020.

SOUZA, Angela Maria Gordilho. Intervenções Recentes em Habitação, Salvador-BA. Anais do Seminário de Avaliação de Projetos IPT em Habitação e Meio Ambiente: assentamentos urbanos precários. Brasília, Ministério da Ciência e Tecnologia / Financiadora de Estudos e Projetos - FINEP. Habitare - Programa de Tecnologia de Habitação, p.131-148, 2005.

TEIXEIRA, Fernando. Plano Diretor de Desenvolvimento Urbano do Município do Salvador - PDDU 2006: estrutura e conteúdos da minuta da lei. Revista VeraCidade, Salvador, v.1, n.1, p.1-13, dez. 2006. Disponível em: . Acesso em: 26 jan. 2020.

UNITED NATIONS – UN. Department of Economic and Social Affairs Population Division. World Urbanization Prospects: The 2014 Revision. New York: United Nations, 2015. Disponível em: . Acesso em: 19 jan. 2020.

VALLARES, Licia do Prado; FIGUEIREDO, Ademir. Habitação no Brasil: Uma Introdução à Literatura Recente. Boletim Informativo e Bibliográfico de Ciências Sociais (BIB). ANPOCS. Rio de Janeiro, n. 11, p. 25-49, 1981.

VASCONCELOS, Pedro de Almeida. Salvador: transformações e permanências (1549-1999). Ilhéus: Editus, 2002.

VILLAÇA, Flávio. A segregação urbana e a justiça. Revista Brasileira de Ciências Criminais, v. 11, n. 44, p. 341-347, 2003. Disponível em: . Acesso em: 11 jan. 2020.




DOI: https://doi.org/10.18224/baru.v8i1.12657

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2022 Aline Machado de Farias Rosa, Gabriel Barros Gonçalves de Souza, Marília Moreira Cavalcante

Rodapé - Barú
 

Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição Sem Derivações 4.0 CC BY-NC-ND


BARU | Revista Brasileira de Assuntos Regionais e Urbanos | Mestrado em Desenvolvimento e Planejamento Territorial da PUC Goiás | e-ISSN 2448-0460 | Qualis CAPES Preliminar 2019 = B1

Visitantes - (24/08/2017 - 04/08/2022)

Fonte: Google Analytics.