A mulher e o esporte: uma análise da credibilidade das apresentadoras do Jornal Nacional na apresentação de notícias esportivas

Manuelle Motta Marques de Lima, Vernihu Oswaldo Pereira Neto, Michele Negrini, Roberta BRANDALISE

Resumo


A desigualdade entre gêneros é um fator visualizado, desde a antiguidade, em diversos setores, inclusive no jornalismo e no esporte. A partir desta perspectiva, este estudo é focado na observação da percepção dos espectadores sobre a atuação das mulheres como apresentadoras do JN em reportagens esportivas e da forma como estes espectadores verificam a representação da mulher no telejornal. O lugar da mulher, especialmente no jornalismo esportivo, vem crescendo exponencialmente com o tempo. Se antes eram vistas muito por sua aparência física, hoje vêm, cada vez mais, ganhando espaço e sendo reconhecidas por seu conhecimento, desenvoltura e habilidade frente às câmeras, muitas vezes superando homens e demonstrando que futebol, assim como todos os esportes, também é assunto feminino.

Palavras-chave


Mulher; telejornalismo; Jornal Nacional; representação social; esportes.

Texto completo:

PDF

Referências


BAGGIO, Luana Maia. Representação da mulher no telejornalismo esportivo: a atuação da jornalista Renata Fan no programa Jogo Aberto da TV Bandeirantes. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Jornalismo) – Centro Universitário Franciscano, Santa Maria, 2012. Disponível em: https://lapecjor.files.wordpress.com/2011/04/representac3a7c3a3o-da-mulher-no-telejornalismo-esportivo-a-atuac3a7c3a3o-da-jornalista-renata-fan-no-programa-jogo-aberto-da-tv-bandeirantes.pdf. Acesso em: 28 jan. 2019.

BERGAMO, Alexandre; MICK, Jacques; LIMA, Samuel. Perfil do jornalista brasileiro: características demográficas, políticas e do trabalho jornalístico 2012 - síntese dos principais resultados. 2013. Disponível em: http://perfildojornalista.ufsc.br/files/2013/04/Perfil-do-jornalista-brasileiro-Sintese.pdf. Acesso em: 28 jan. 2019.

CASADEI, Elisa Bachega. A inserção das mulheres no jornalismo e a imprensa alternativa: primeiras experiências do final do século XIX. Alterjor: Jornalismo Popular e Alternativo, São Paulo, v. 1, n. 3, não paginado, jan./jun. 2011. Disponível em: http://www.usp.br/alterjor/ojs/index.php/alterjor/article/view/aj3-d3/pdf_41. Acesso em: 28 jan. 2019.

CHAMBERS, Deborah; STEINER, Linda; FLEMING, Carole. Women and journalism. New York: Rutledge, 2004.

GIL, Antonio Carlos. Métodos e técnicas de pesquisa social. 6. ed. São Paulo: Editora Atlas, 2008.

HABIB, Lia. Jornalista: profissão mulher. 1. ed. São Paulo: Sapienza, 2005.

MAIA, Wander Veroni. Edição no Jornal Nacional e Jornal da Record: uma análise comparativa a partir dos critérios de noticiabilidade dos telejornais de rede. 2007. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Jornalismo) – Departamento de Ciência da Comunicação, Centro Universitário de Belo Horizonte, Belo Horizonte, 2007. Disponível em: http://www.bocc.ubi.pt/pag/maia-wander-edicao-jornal-nacional-jornal-record.pdf. Acesso em: 28 jan. 2019.

MOSCOVICI, Serge. A representação social da psicanálise. Tradução de Cabral. Rio de Janeiro: Zahar, 1978.

RIBEIRO, José Hamilton. Jornalistas: 1937 a 1997: história da imprensa de São Paulo vista pelos que batalham laudas (terminais), câmeras e microfones. São Paulo: Imprensa Oficial do Estado, 1998.

ROCHA, Paula Melani. A profissionalização no Jornalismo e o mercado de trabalho para mulheres no Estado de São Paulo. Revista Jurídica Eletrônica UNICOC, n. 2, p.1-10, out. 2005. Disponível em: https://livros-e-revistas.vlex.com.br/source/revista-juridica-eletronica-unicoc-4669/issue_nbr/%232?_ga=2.186185258.261790792.1548762701-790354449.1548762701. Acesso em: 29 jan. 2019.

ROCHA, Maria Meriane Vieira; ARAÚJO, Eliany Alvarenga de. Competência Informacional e Atuação do Profissional da Informação – Biliotecário. In: VIII ENANCIB – Encontro Nacional de Pesquisa em Ciência da Informação, ed. 8, 2007, Salvador. Anais Eletrônicos... Salvador, UFP, 2007. Disponível em: http://www.enancib.ppgci.ufba.br/artigos/GT6--028.pdf. Acesso em: 11 nov. 2015.

SÊGA, Rafael Augustus. O conceito de representação social nas obras de Denise Jodelet e Serge Moscoviti. Revista Anos 90: Periódico Semestral do Programa de Pós-Graduação em História da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, n. 13, p. 128-133, 2000. Disponível em: http://www.ufrgs.br/ppghist/anos90/13/13art8.pdf. Acesso em: 3 nov. 2015.

SOUSA, Rainer Gonçalves. Atenas, Esparta e as mulheres. 2015. Disponível em http://www.brasilescola.com/historiag/atenas-esparta-as-mulheres.htm. Acesso em: 4 set. 2015.




DOI: http://dx.doi.org/10.18224/pan.v8i2.7006

Rodapé - Panorama
 

Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição Sem Derivações 4.0 CC BY-NC-ND


PANORAMA | Comunicação Social | Pontifícia Universidade Católica de Goiás | e-ISSN 2237-1087 | Qualis B4

Visitantes - (04/09/2017 - 21/10/2019)
País Usuários
Brasil 6.269
França 264
Estados Unidos 225
Portugal 141
Angola 40
Itália 29
Alemanha 20
México 16
Moçambique 15

Fonte: Google Analytics.