A Importância da Comunicação Estratégica para a Promoção de Ações de Saúde Pública

Daniela Vilela Becker, Patrícia Quitero Rosenzweig

Resumo


RESUMO: Este artigo apresenta como objetivo avaliar a comunicação estratégica aplicada à área da Saúde: níveis de
informação educativa persuasiva e, principalmente, sua eficácia quanto à promoção de mudanças de comportamento
da comunidade bem como sua compatibilidade com as políticas de saúde pública adotadas em
Goiás. O trabalho descreve e analisa os resultados de uma campanha de mobilização em prol da doação de
órgãos e, consequente aumento no número de transplantes realizados no Estado de Goiás em 2012.

PALAVRAS-CHAVE: Comunicação estratégica. Comunicação para Saúde. Doação de órgãos.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18224/pan.v5i1.4331

Rodapé - Panorama
 

Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição Sem Derivações 4.0 CC BY-NC-ND


PANORAMA | Comunicação Social | Pontifícia Universidade Católica de Goiás | e-ISSN 2237-1087 | Qualis B4

Visitantes - (04/09/2017 - 21/10/2019)
País Usuários
Brasil 6.269
França 264
Estados Unidos 225
Portugal 141
Angola 40
Itália 29
Alemanha 20
México 16
Moçambique 15

Fonte: Google Analytics.