Música Independente e Mídias Sociais: produção, promoção e público

Anderson Lucas da Silva Novaes, Marcus Minuzzi

Resumo


RESUMO: Durante décadas a indústria fonográfica dominou o mercado da música em todo o mundo, tendo em alguns
períodos tamanha influência que chegou a fazer frente a indústrias consolidadas como a do cinema. Porém,
com o aumento dos softwares livres e o crescente uso da internet a indústria fonográfica tem perdido sua
hegemonia para a produção independente que através das mídias sociais está conseguindo produzir, divulgar
e comercializar a música sem depender da influência das gravadoras. Sendo assim, buscaremos apresentar
algumas características desse processo de mudança do panorama musical.

PALAVRAS-CHAVE: Mídias Sociais, Música, Indústria fonográfica e Artista independente



DOI: http://dx.doi.org/10.18224/pan.v5i1.4321

 

Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição Sem Derivações 4.0 CC BY-NC-ND


PANORAMA | Comunicação Social | Pontifícia Universidade Católica de Goiás | e-ISSN 2237-1087 | Qualis B4