UMA EXCEÇÃO NO SISTEMA ECONÔMICO INTERNACIONAL? ENSAIO SOBRE AS RELAÇÕES ENTRE ESTADO E MERCADO NA DEMOCRACIA FRANCESA AO LONGO DO SÉCULO XX

Daniel Dutra Coelho Braga

Resumo


A França, enquanto democracia ocidental, é frequentemente reconhecida como uma exceção, sobretudo na Europa, em função do papel desempenhado pelo Estado na vida social do país. Tal raciocínio por vezes conduz à representação do Estado francês como exemplo eficaz ou persistente de Estado de Bem-estar social e reitera a imagem de um país que manteria um Estado consideravelmente autônomo perante o mercado. Entretanto, o presente ensaio, por meio das reflexões de autores como Karl Polanyi (1886-1964), Eric Hobsbawm (1917-2012), Robert Castel (1933-2013), Claus Offe e Pierre Rosanvalon, demonstra que o caso francês caracteriza-se por uma interseção eficaz entre Estado e mercado, e não por uma oposição entre ambos. Não haveria resistência de um Estado a um mercado global estruturante de um capitalismo financeiro, mas sim reiteração desse quadro global por meio do próprio Estado. A experiência francesa ressalta, na verdade, contradições políticas inerentes ao Estado de bem-estar social.

Palavras-chave


Estado de Bem-estar social. Capitalismo. Economia política internacional. Democracia francesa. Sistema-Mundo. Welfare State. International political economy. Capitalism. French democracy. World-System.

Texto completo:

PDF

Referências


ABENDROTH, Wolfgang. História Social do Movimento Trabalhista Europeu. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1977 [1965].

ASSELAIN, Jean-Charles. La dimension sociale des nationalisations de 1982. Revue économique, v. 34, n. 3, 1983. Disponível em: https://www.persee.fr/doc/reco_0035-2764_1983_num_34_3_408729. Acesso em: 24 set. 2018.

ASSELAIN, Jean-Charles. Nationalisations: la grande vague de la Libération. In: MARSEILLE, Jacques et al. Puissance et faiblesses de la France industrielle. Paris: Éditions du Seuil, 1997. p. 197-228.

BERSTEIN, Serge; MILZA, Pierre. Histoire de la France au XXe siècle. Tome II. 1930-1958. Paris: Perrin, 2009a.

BERSTEIN, Serge; MILZA, Pierre. Histoire de la France au XXe siècle. Tome III. 1958 à nos jours. Paris: Perrin, 2009b.

BOURDIEU, Pierre. Sobre o Estado: Cursos no Collège de France (1989-92). Trad. Rosa Freire d’Aguiar. São Paulo: Companhia das Letras, 2014.

BRAUDEL, Fernand. La Dynamique du Capitalisme. Paris: Arthaud, 1985.

CASTEL, Robert. As Metamorfoses da Questão Social: uma crônica do salário. 12. ed. Petrópolis: Vozes, 2015.

CHESNAIS, François. A Mundialização do Capital. Trad. Silvana Finzi Foá. São Paulo: Xamã, 1996 [1994].

COHEN, Daniel. Riqueza do Mundo, Pobreza das Nações. Trad. Elena Gaidano. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 1998 [1997].

DELGADO, Nelson Giordano. O Regime de Bretton Woods para o Comércio Mundial: origens, instituições e significado. Rio de Janeiro: Mauad X/Ed. da UFRRJ, 2009.

DURAND, Jean-Pierre. Note critique: François Furet, Jacques Julliard, Pierre Rosanvallon, La République du Centre, La fin de l'exception française, Paris, Calmann-Lévy, 1988. L'Homme et la société, n. 91-92, 1989. Disponível em: http://www.persee.fr/doc/homso_0018-4306_1989_num_91_1_2409. Acesso em: 24 set 2018.

ELIAS, Norbert. Os Alemães: a luta pelo poder e a evolução do habitus nos séculos XIX e XX. Rio de Janeiro: Zahar, 1997.

FERRY, Luc. Macron ou la fin de l’exception française. Figaro/Vox, 13 dec 2017. Disponível em: http://www.lefigaro.fr/vox/politique/2017/12/13/31001-20171213ARTFIG00198-luc-ferry-macron-ou-la-fin-de-l-exception-francaise.php> Acessos em 20.set.2018

FIORI, José Luis. Prefácio ao poder global. Revista Tempo do Mundo, v. 2, n. 1. abr. 2010. Disponível em: http://repositorio.ipea.gov.br/bitstream/11058/6173/1/RTM_v2_n1_Prefacio.pdf. Acessos em: 26 set. 2018.

FIORI, José Luis. De volta à questão da riqueza de algumas nações. In: FIORI, José Luis (org.). Estados e Moedas no Desenvolvimento das Nações. 3a edição. Petrópolis: Vozes, 1999, p. 11-46.

FIORI, José Luis. Estados, moedas e desenvolvimento. In: FIORI, José Luis (org.). Estados e Moedas no Desenvolvimento das Nações. 3a edição. Petrópolis: Vozes, 1999. p. 49-85.

HABERMAS, Jürgen. Mudança Estrutural da Esfera Pública: investigações sobre uma categoria da sociedade burguesa. Trad. Denilson Luís Werle. São Paulo: UNESP, 2014 [1962].

HOBSBAWM, Eric. Era dos Extremos: o breve século XX: 1914-1991. Trad. Marcos Santarrita. São Paulo: Companhia das Letras, 1995 [1994].

KEANE, John. Introduction. In: OFFE, Claus. Contradictions of the Welfare State. Edited by John Keane. London: Hutchinson, 1984. p. 11-34.

MACHADO, Nuno Miguel Cardoso. Sociedade vs. Mercado – Notas sobre o Pensamento Económico de Karl Polanyi. Dissertação (Mestrado em Sociologia Económica e das Organizações) - Instituto Superior de Economia e Gestão, Universidade Técnica de Lisboa, Lisboa, 2009. Disponível em: https://www.repository.utl.pt/bitstream/10400.5/1649/1/tese%20-%20versão%20final.pdf. Acesso em: 25 set. 2018.

OFFE, Claus. Some contradictions on the modern welfare state. In: OFFE, Claus. Contradictions of the Welfare State. Edited by John Keane. London: Hutchinson, 1984. p. 147-161.

PIKETTY, Thomas. Le Capital au XXIe siècle. Paris: Éditions du Seuil, 2013.

POCOCK, John G. Agard. Linguagens do Ideário Político. São Paulo: EdUSP, 2013.

POLANYI, Karl. A Grande Transformação: as origens da nossa época. Trad. Fanny Wrabel. 2. Ed. Rio de Janeiro: Campus, 2000 [1944].

PROST, Antoine. Les conquêtes sociales de la Libération. In: MARSEILLE Jacques (Dir.). Puissance et faiblesses de la France industrielle. XIXe – XXe siècle. Paris: Éditions du Seuil, 1997ª. p. 179-196.

PROST, Antoine. Le temps de la prospérité. In: MARSEILLE Jacques (Dir.). Puissance et faiblesses de la France industrielle. XIXe – XXe siècle. Paris: Éditions du Seuil, 1997b. p. 229-252.

ROSANVALLON, Pierre. O Liberalismo Econômico: história da ideia de mercado. Trad. Antonio Penalves Rocha. Bauru: EDUSC, 2002.

ROSANVALLON, Pierre. La Crise de l’État-Providence. Paris: Éditions du Seuil, 1992 [1984].

ROSANVALLON, Pierre. L’État en France de 1789 à nos Jours. Paris: Éditions du Seuil, 1990.

SOUTOU, Georges-Henri. L’Europe de 1815 à os Jours. Paris: Presses Universitaires de France, 2007.

WALLERSTEIN, Immanuel. The Essential Wallerstein. New York: The New Press, 2000.




DOI: http://dx.doi.org/10.18224/mos.v12i0.6735

Rodapé - Mosaico
 

Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição Sem Derivações 4.0 CC BY-NC-ND

MOSAICO | Programa de Pós-Graduação em História | Pontifícia Universidade Católica de Goiás | e-ISSN 1983-7801 | Qualis A3 (Avaliação Preliminar da CAPES/PERIÓDICOS - 2019)

Visitantes - (05/09/2017 - 21/10/2019)
País Usuários
Brasil 9.973
Estados Unidos 415
França 268
Portugal 152
Alemanha 62
Reino Unido 33
México 32
Espanha 31
Rússia 21

Fonte: Google Analytics.