A Influência Árabe na Medicina e Cozinha Medieval Aragonesa

Renato Toledo Silva Amatuzzi

Resumo


Na Coroa de Aragão, entre os séculos XIV e XV, circularam dois tipos de manuscritos bastante populares, os regimentos de saúde e os receituários culinários. Ambos os textos tinham os alimentos como protagonistas, seja para curar, seja para saciar a fome de maneira salutar e também saborosa. Nesses textos, era evidente a presença de alimentos de origem árabe, cujo contato na Península Ibérica se iniciou a partir do século VIII d.C. O objetivo deste artigo é analisar as influências de alguns alimentos de origem árabe na dietética real através das receitas culinárias e prescrições médicas que passaram a inserir em seus textos essas novas espécies implantadas em território aragonês.

The Arab Influence in Aragonian Kitchen and Medicine of the Xiv Century

In the Crown of Aragon, in Low Middle Age, in the XIV centurie, circulated two types of quite popular manuscripts: health regiments, and cooking recipes. Both texts had feeding as the protagonist, either to cure or to quench hunger, in a healthy way prioritizing the flavor as well. In these texts, the presence of Arab origin foods was evident, whose contact in the Iberian Peninsula began from the VII century A.D. The goal of this article is to analyze the arab influences of some foods in the dietetics of King James II, the Just, through the culinary recipes and medical prescriptions that began to insert in their texts these new food genres implanted in the Aragonese territory.

Palavras-chave


Alimentação medieval; Medicina medieval; Coroa de Aragão; Medieval Food; Medieval Medicine; Crown Of Aragon.

Texto completo:

PDF

Referências


ALCORÃO. São Paulo: Editorial, 1975.

COSTA, Ricardo. Maiorca e Aragão no tempo de Ramon Llull (1250-1300). In: Mirabilia, v. 1, n. 1, 2001.

FERRANDO, J. M. Jaime II de Aragón: su vida familiar (2 vols.) Barcelona, 1947.

FREEDMAN, Paul. A História do Sabor. São Paulo: SENAC, 2009.

GONÇALVES, Iria. Defesa do consumidor na cidade medieval: os produtos alimentares (Lisboa – séculos XIV e XV). In: Arquipélago História, v. 1, n. jun./dez. 1995.

LE GOFF, Jacques. Rei. In: LE GOFF, Jacques; SCHIMITT, Jean-Claude (Org.). Dicionário Temático do Ocidente Medieval (2 vols.). São Paulo: UNESP, 2017.

LÓPEZ BANEGAS, Ramón A. Uma anàlisi dels productes i les tècniques de cuina al Llibre de Sent Soví. Llibre de Sent Soví. Edição de Joan Santanach. Barcelona: Barcino, 2014.

RIERA-MELIS, Antoni. O Mediterrâneo, crisol de tradições alimentares. A herança islâmica na culinária catalã medieval. In: MONTANARI, Massimo (Org.). O mundo na cozinha: história, identidade, trocas. São Paulo: Estação Liberdade, 2009.

RIERA-MELIS, Antoni. El contexto històric dels recptaris medievals catalans. L´evolució de les estructures productives i de distribuició dels aliments. Llibre de Sent Soví. Edição de Joan Santanach. Barcelona: Barcino, 2014.

MONTALVO, José H. Jaime II e el esplendor de la Corona de Aragón. San Sebastián: Nerea, 2006.

MONTANARI, Massimo. Histórias da mesa. São Paulo: Estação Liberdade, 2016.

MONTANARI, Massimo. Comida como cultura. São Paulo: SENAC, 2013.

MONTANARI, Massimo. (Org.). O mundo na cozinha: história, identidade, trocas. São Paulo: Estação Liberdade, 2009.

McEVEDY, Colin. Atlas de História Medieval. São Paulo: Companhia das Letras, 2007.

PEÑA, Carmen; GIRÓN, Fernando. La prevención de la enfermedad em la Espanã Bajo Medieval. Granada: Universidad de Granada, 2006.

ROSENBERGER, Bernard. A cozinha árabe e sua contribuição à cozinha europeia. In: FLANDRIN, Jean-Louis; MONTANARI, Massimo. História da Alimentação. São Paulo: Estação Liberdade, 1996.

VILANOVA, Arnaldo. Regras de Saúde à Jaime II. In: CRUZ, Juan C. Mesa y dietética medievales: el regimen de Arnaldo de Vilanova. Pamplona: Universidad de Pamplona, 2015.




DOI: http://dx.doi.org/10.18224/mos.v11i2.6312

 

Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição Sem Derivações 4.0 CC BY-NC-ND


MOSAICO | Programa de Pós-Graduação em História | Pontifícia Universidade Católica de Goiás | e-ISSN 1983-7801 | Qualis B3

Flag Counter