O Rastro da Carnaúba no Piauí

José Luis Lopes Araújo

Resumo


O artigo trata das repercussões econômicas e espaciais da atividade de produção de cera de carnaúba no Estado do Piauí, na primeira metade do século XX, quando esse produto apresentou picos de principal produto gerador de renda na economia piauiense. Evidencia-se que os ganhos dessa atividade eram elevados, havendo, mesmo que de forma frágil uma distribuição da riqueza gerada pelos diversos segmentos envolvidos. Contudo o ganho fácil inibiu o desenvolvimento de outras atividades, repercutindo negativamente até mesmo em atividades tradicionais locais como na agricultura e na pecuária, pois se observou queda na produção nos períodos de pico dos preços da cera.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18224/mos.v1i2.579

Rodapé - Mosaico
 

Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição Sem Derivações 4.0 CC BY-NC-ND

MOSAICO | Programa de Pós-Graduação em História | Pontifícia Universidade Católica de Goiás | e-ISSN 1983-7801 | Qualis CAPES Preliminar 2019 = A3

Visitantes - (05/09/2017 - 25/06/2020)

Fonte: Google Analytics.