A Vila de Bragança, Rios e Caminhos: 1750-1753

Luciana de Fátima Oliveira

Resumo


O presente trabalho trata da formação e do desenvolvimento de um núcleo urbano, localizado na região norte do Brasil, no período colonial, a saber: a vila de Bragança que estava na extensa capitania do Grão-Pará e Maranhão e foi fundada em 1753, no governo de D. José I, sob a administração pombalina, cujo governador e capitão-general, na época era o importantíssimo Francisco Xavier de Mendonça Furtado. Para tanto, daremos visibilidade a efetiva participação de seus habitantes, a importância dos rios e caminhos que proporcionaram o crescimento e o desenvolvimento da vila de Bragança. Desenvolvimento o qual estava inserido num período de re-ordenamento territorial da região e de projetos políticos de poder. Iniciaremos o estudo a partir da capitania do Caeté e da vila de Souza do Caeté.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18224/mos.v1i2.578

Rodapé - Mosaico
 

Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição Sem Derivações 4.0 CC BY-NC-ND

MOSAICO | Programa de Pós-Graduação em História | Pontifícia Universidade Católica de Goiás | e-ISSN 1983-7801 | Qualis CAPES Preliminar 2019 = A3

Visitantes - (05/09/2017 - 03/12/2019)

Fonte: Google Analytics.