O Império em Antônio Vieira: entre o glorioso e o prosaico, o pragmático

Milton Moura

Resumo


Resumo: este artigo coloca elementos biográficos e literários do jesuíta português Antônio Vieira (1608-1697), procurando desvendar os caminhos da construção que elaborou, ao longo de sua longa vida, sobre o Império lusitano. No sentido de ver Portugal tornar-se o Quinto Império do mundo, conforme sua leitura das Escrituras, Vieira propõe a adoção de estratégias mercantilistas. Sua concepção de governo é ao mesmo tempo teológica
e pragmática, vendo a realização do Império em meio a circunstâncias desfavoráveis e considerando a própria fragilidade de Portugal.
Palavras-chave: Antônio Vieira. Portugal. Colonialismo. Catolicismo. Jesuítas.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18224/mos.v7i1.3976

Rodapé - Mosaico
 

Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição Sem Derivações 4.0 CC BY-NC-ND

MOSAICO | Programa de Pós-Graduação em História | Pontifícia Universidade Católica de Goiás | e-ISSN 1983-7801 | Qualis CAPES Preliminar 2019 = A3

Visitantes - (05/09/2017 - 03/12/2019)

Fonte: Google Analytics.