Martírio e Heroísmo: uma análise do livro Das Coroas de Prudêncio

Ana Teresa Marques Gonçalves

Resumo


Resumo: Aurélio Prudêncio Clemente produziu no século IV d.C. a obra Liber Peristephanon ou O Livro das Coroas, na qual canta e conta, em versos, os suplícios sofridos por vários mártires em Roma e nas províncias. Os martirizados são identificados como
heróis pagãos e suas tumbas se convertem em pontos de peregrinação. Neste artigo, objetivamos analisar a poesia prudentina, enfatizando as raízes clássicas da retórica
empregada pelo poeta cristão.
Palavras-chave: Mártires. Heróis. Roma. Prudêncio. Cristianismo.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18224/mos.v6i2.2872

Rodapé - Mosaico
 

Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição Sem Derivações 4.0 CC BY-NC-ND

MOSAICO | Programa de Pós-Graduação em História | Pontifícia Universidade Católica de Goiás | e-ISSN 1983-7801 | Qualis A3 (Avaliação Preliminar da CAPES/PERIÓDICOS - 2019)

Visitantes - (05/09/2017 - 21/10/2019)
País Usuários
Brasil 9.973
Estados Unidos 415
França 268
Portugal 152
Alemanha 62
Reino Unido 33
México 32
Espanha 31
Rússia 21

Fonte: Google Analytics.