Comunidade Quilombola Lagoa da Pedra, Ararias (TO) e seu Patrimonio Imaterial

Wolfgang Teske

Resumo


Resumo: o artigo traz um relato de experiências vividas na Comunidade Quilombola Lagoa da Pedra, Arraias (TO), de pesquisas participantes e acompanhamento das manifestações culturais dessa comunidade. A base teórica é a teoria da Folkcomunicação, que estuda como os indivíduos segregados, marginalizados e de comunidades quilombolas se comunicam e ressignificam a suas práticas culturais ao serem impactados com as mensagens
midiáticas. O destaque desse trabalho é para a Roda de São Gonçalo, manifestação cultural que data do séc. XIII, em Amarante, Portugal e é preservada nessa região do
Estado do Tocantins. Esse estudo se insere em uma proposta de mudança paradigmática da ciência, que busca valorizar e abordar saberes que a ciência tem dificuldade de abordar. Por fim, apresenta o ritual e os símbolos que compõe a Roda de São Gonçalo.
Palavras-chave: Comunidade Quilombola Lagoa da Pedra. Roda de São Gonçalo. Folkomunicação.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18224/mos.v6i1.2746

Rodapé - Mosaico
 

Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição Sem Derivações 4.0 CC BY-NC-ND

MOSAICO | Programa de Pós-Graduação em História | Pontifícia Universidade Católica de Goiás | e-ISSN 1983-7801 | Qualis CAPES Preliminar 2019 = A3

Visitantes - (05/09/2017 - 03/12/2019)

Fonte: Google Analytics.