A Igreja Adventista do Sétimo Dia entre a Modernidade e a Pós-Modernidade

Ismael Fuckner

Resumo


Resumo: a Igreja Adventista do Sétimo Dia surgiu nos Estados Unidos em meados do século XIX e é formado por pessoas que consideram-se portadoras de uma verdade única e salvadora que deve ser pregada a todos os seres humanos. Desde os primórdios os adventistas do sétimo dia lutam para defenderem-se de práticas alimentares, uso de trajes e inovações como cinema em voga no auge da Modernidade. São marcas identitárias deste grupo religioso: os cuidados com a alimentação e a preservação do sábado como um dia de descanso e adoração. meu objetivo colocar em discussão as ressignificações produzidas por adventistas da cidade de Belém do Pará em seu estilo de vida, adaptando as regras da Igreja ao seu gosto pessoal e ao estilo de vida da própria família.
Palavras-chave: Protestantismo; Adventistas; Crenças; Pós-modernidade

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18224/mos.v5i2.2501

Rodapé - Mosaico
 

Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição Sem Derivações 4.0 CC BY-NC-ND

MOSAICO | Programa de Pós-Graduação em História | Pontifícia Universidade Católica de Goiás | e-ISSN 1983-7801 | Qualis A3 (Avaliação Preliminar da CAPES/PERIÓDICOS - 2019)

Visitantes - (01/01/2006 - 01/08/2019)
País Usuários
Brasil 8.363
Estados Unidos 407
França 265
Portugal 130
Alemanha 61
Reino Unido 32
Espanha 26
México 24
Rússia 21
Total 9.575

Fonte: Google Analytics.