O Cotidiano e a Prática Arqueológica do Pe. João Alfredo Rohr em um Conjunto de Cartas com o Antropólogo Luiz de Castro Faria

Alfredo Bronzato da Costa Cruz

Resumo


Resumo: o artigo trata do cotidiano, da pesquisa científica e militância pela preservação do patrimônio arqueológico do Pe. João Alfredo Rohr, S. J., a partir das cartas por ele
trocadas com o antropólogo Luiz de Castro Faria, detendo-se em especial naquelas referentes ao episódio da nomeação de Pe. Rohr como presidente do Conselho de Cultura de Santa Catarina, em 1971.
Palavras-chave: Arqueologia. Patrimônio. Ciência. Religião.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18224/mos.v5i2.2500

Rodapé - Mosaico
 

Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição Sem Derivações 4.0 CC BY-NC-ND

MOSAICO | Programa de Pós-Graduação em História | Pontifícia Universidade Católica de Goiás | e-ISSN 1983-7801 | Qualis CAPES Preliminar 2019 = A3

Visitantes - (05/09/2017 - 03/12/2019)

Fonte: Google Analytics.