A IMPRENSA E OS USOS DO PASSADO. O PROJETO DE ARMANDO

Carolina Soares Sousa

Resumo


Resumo: em 1934 uma nova constituição parecia indicar a redefinição das alianças políticas que permitiriam, finalmente, a retomada dos projetos políticos paulistas para o Brasil
com as necessárias adaptações da Revolução de 1930. O que significou a Revolução de 1930? E o percurso entre 1932 e 1934? Repensar estas questões implica retomar o diálogo
e conflitos ocorridos no interior das elites políticas paulistas e analisar o jogo político por elas praticado em tal contexto. Nesse jogo político, a imprensa oficial dos principais
partidos políticos paulistas cumprirá papel pedagógico, fazendo uso da memória das revoluções de 1930 e 1932 com o intuito de formar a opinião pública.
Palavras-chave: Projetos Políticos Paulistas. Memória. Imprensa.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18224/mos.v5i1.2422

Rodapé - Mosaico
 

Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição Sem Derivações 4.0 CC BY-NC-ND

MOSAICO | Programa de Pós-Graduação em História | Pontifícia Universidade Católica de Goiás | e-ISSN 1983-7801 | Qualis A3 (Avaliação Preliminar da CAPES/PERIÓDICOS - 2019)

Visitantes - (01/01/2006 - 01/08/2019)
País Usuários
Brasil 8.363
Estados Unidos 407
França 265
Portugal 130
Alemanha 61
Reino Unido 32
Espanha 26
México 24
Rússia 21
Total 9.575

Fonte: Google Analytics.