GNERO, SEXUALIDADE E SEDUO NO DISCURSO JURÍDICO

Cláudia J. Maia, Renata Santos Maia

Resumo


Resumo: o artigo tem como proposta analisar o discurso jurídico em processos de sedução
ocorridos no Norte de Minas, durante a década de 1970. Consideramos tais processos
como práticas discursivas que produzem representações de gênero e instituem saberes
sobre o corpo e comportamento sexual dos indivíduos, especialmente das mulheres,
com objetivo de regulá-los, discipliná-los e aprisionar o sexo ao casamento normativo.
Palavras-chave: Gênero. Mulheres. Poder. Sedução. Sexualidade.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18224/mos.v5i1.2416

Rodapé - Mosaico
 

Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição Sem Derivações 4.0 CC BY-NC-ND

MOSAICO | Programa de Pós-Graduação em História | Pontifícia Universidade Católica de Goiás | e-ISSN 1983-7801 | Qualis CAPES Preliminar 2019 = A3

Visitantes - (05/09/2017 - 03/12/2019)

Fonte: Google Analytics.