O GOVERNO DE ROSAS EM CAMILA (1984) - FILME DE BEMBERG

Alcilene Cavalcante

Resumo


Resumo: esse texto aborda a imbricação entre cultura e política no filme Camila (1984),
da cineasta argentina Maria Luisa Bemberg. Destaca como a cineasta interpretou o
governo de Rosas (1835-1852) e como se posicionou diante das principais questões suscitadas
no processo de transição democrática de seu país, relativo ao período em que o
filme foi realizado.
Palavras-chave: Cineasta. Autoritarismo. Redemocratização. Gênero. Filme.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18224/mos.v5i1.2411

Rodapé - Mosaico
 

Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição Sem Derivações 4.0 CC BY-NC-ND

MOSAICO | Programa de Pós-Graduação em História | Pontifícia Universidade Católica de Goiás | e-ISSN 1983-7801 | Qualis CAPES Preliminar 2019 = A3

Visitantes - (05/09/2017 - 03/12/2019)

Fonte: Google Analytics.