Os ltimos Anos da Escravidão e a Tensão Social em Processos Crime: ações de escravos e senhores

Murilo Borges Silva

Resumo


Resumo: este estudo procura analisar os anos finais da escravidão em Jataí, com o intuito de perceber as tensões sociais entre escravos e senhores no momento em que os processos abolicionistas tornavam-se mais evidentes. Nesse sentido, nas leituras que se fizeram das fontes ? para esse texto, especialmente, literatura memorialista e processos criminais ? procurou-se verificar as estratégias de cativos para confrontar a escravidão e tornar-se livre, bem como, as táticas desenvolvidas por senhores para burlarem a perda do seu poder moral e tornar o processo abolicionista lento e gradual. Nessa perspectiva a pesquisa evidencia atos criminosos cometidos por escravos e senhores discutindo suas motivações.

Palavras-chave: Escravidão. Crime. Tensão social.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18224/mos.v4i1.2037

Rodapé - Mosaico
 

Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição Sem Derivações 4.0 CC BY-NC-ND

MOSAICO | Programa de Pós-Graduação em História | Pontifícia Universidade Católica de Goiás | e-ISSN 1983-7801 | Qualis A3 (Avaliação Preliminar da CAPES/PERIÓDICOS - 2019)

Visitantes - (01/01/2006 - 01/08/2019)
País Usuários
Brasil 8.363
Estados Unidos 407
França 265
Portugal 130
Alemanha 61
Reino Unido 32
Espanha 26
México 24
Rússia 21
Total 9.575

Fonte: Google Analytics.