POLÍTICAS PÚBLICAS DE GESTÃO DE RISCO AO PATRIMÔNIO CULTURAL FRENTE AOS EFEITOS DAS MUDANÇAS CLIMÁTICAS

Luana Cristina da Silva Campos, Sandra Rafaela Magalhães Corrêa

Resumo


Através da definição de conceitos chaves para a compreender a relação entre o campo do patrimônio cultural e os efeitos das mudanças climáticas, buscou se, no presente artigo, trazer reflexões sobre as peculiaridades, dificuldades e possibilidades relacionadas à criação de políticas públicas que garantam a salvaguarda dos bens culturais acautelados frente aos possíveis impactos provocados pelos efeitos das mudanças climáticas. Assim como partilhar os preceitos já utilizados nos instrumentos infralegais que configuram estruturalmente a forma como se dá a proteção atualmente, estabelecendo efeitos e restrições decorrentes. Finalizando com breves indicações de diretrizes que podem corroborar com a intersetorialidade na prevenção de desastres e na mitigação dos riscos decorrentes das mudanças climáticas

Palavras-chave


Políticas Públicas; Patrimônio; Mudanças Climáticas.

Texto completo:

PDF

Referências


AdaptaClima. Adaptações à mudança do clima. [website]. 2021. Disponível em: http://adaptaclima.mma.gov.br/adaptacao-a-mudanca-do-clima#medidas. Acesso em: 4 maio 2021.

ADGER, W. Neil. Social Vulnerability to Climate Change and Extremes in Coastal Vietnam. World Development, v. 27, n. 2, p. 249-269, 1999. Disponível em: https://www.sciencedirect.com/science/article/abs/pii/S0305750X98001363. Acesso em: 21 maio 2021.

BATTISTELLI, Fabrizio; GALANTINO, Maria Grazia. Dangers, risks and therats: an alternative conceptualization to the catch-al concept of risk. Current Sociology, p. 1-15, 2018.

BRAUCH, Hans Günter. Concepts of security threats, challenges, vulnerabilities and risks. Coping with Global Environmental Change, Disasters and Security, Hexagon Series on Human 61 and Environmental Security and Peace 5. Verlag Berlin Heidelberg, 2011.

BRASIL. Decreto Nº 3.551, de 4 de agosto de 2000. Registro de Bens Culturais de Natureza Imaterial que constituem patrimônio cultural brasileiro. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/decreto/d3551.htm. Acesso em: 23 maio 2021.

CEMADEM. CEMADEN - Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais. 2020. Disponível em https://www.gov.br/mcti/pt-br/composicao/rede-mcti/centro-nacional-de-monitoramento-e-alertas-de-desastres-naturais. Acesso em: 23 maio 2021.

CIOCCALE, Marcela. La Pequeña Edad del Hielo en la región central de la República Argentina. Estudios Geográficos, v. 60, n. 235, p. 349-269, 1999.

COELHO, Carla M. Teixeira. Gestão de riscos para sítios históricos: uma discussão sobre valor. 2018, 328 f. Tese (Doutorado em Arquitetura e Urbanismo) - Universidade Federal Fluminense, Niterói, Rio de Janeiro, Brasil, 2018.

CORRÊA, Sandra Magalhães; MUHLBAUER, Clarice Futuro. Planos de Conservação: uma abordagem integrada para conservação do Patrimônio Cultural. 4º Simpósio Científico do ICOMOS-BR. Anais... 2020. Disponível em: https://www.even3.com.br/anais/simposioicomos2020/. Acesso em: 22 maio 2021.

FOUCAULT, Michel, A arqueologia do saber. 7. ed. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 2005.

ICOMOS. The Future of Our Pasts: Engaging Cultural Heritage in Climate Action. 2019. Disponível em: https://indd.adobe.com/view/a9a551e3-3b23-4127-99fd-a7a80d91a29e. Acesso em: 4 maio 2021.

IPCC. Sumário para Formuladores de Políticas. Aquecimento Global de 1,5°C. 2021. Disponível em: https://www.ipcc.ch/site/assets/uploads/sites/2/2019/09/SR15_SPM_Portuguese.pdf Acesso em: 5 maio 2021.

IPCC. Anexo I: Glossário. Cambio climático 2014: Impactos, adaptación y vulnerabilidad. Organización Meteorológica Mundial: Ginebra, Suiza, 2014. Disponível em: https://www.ipcc.ch/site/assets/uploads/2018/02/AR5_WGII_glossary_ES.pdf. Acesso em: 5 maio 2021.

IPCC. Resumen para responsables de políticas. Calentamiento global de 1,5 °C. 2018. Disponível em: https://www.ipcc.ch/site/assets/uploads/sites/2/2019/09/IPCC-Special Report-1.5-SPM_es.pdf. Acesso em: 14 maio 2021.

IPHAN. Dossiê - Convenção referente à proteção do patrimônio mundial, cultural e natural. 1982. Disponível em: http://portal.iphan.gov.br/uploads/ckfinder/arquivos/Dossie%20MISSOES%20Sao%20Miguel%20rev%20js%20janeiro%202014_pt.pdf. Acesso em: 5 jan. 2021.

IPHAN. Portaria nº 375 de 19 de setembro de 2018. Política de Patrimônio Cultural Material do Iphan. 2018. Disponível em: https://www.in.gov.br/materia/-/asset_publisher/Kujrw0TZC2Mb/content/id/41601273/do1-2018-09-20-portaria-n-375-de-19-de-setembro-de-2018-41601031. Acesso em: 22 maio 2021.

IPHAN. Portaria Nº 407, de 21 de dezembro de 2010. Parâmetros de valoração e procedimento de inscrição na Lista do Patrimônio Cultural Ferroviário. 2010. Disponível em: http://portal.iphan.gov.br/uploads/ckfinder/arquivos/Portaria%20de%202010_12_21%20-%20No%20407%20(1).pdf. Acesso em: 22 maio 2021.

IPHAN. Instrução Normativa nº 01, de 25 de março de 2015. Estabelece procedimentos administrativos a serem observados pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional nos processos de licenciamento ambiental dos quais participe. 2015. Disponível em: http://portal.iphan.gov.br/uploads/legislacao/INSTRUCAO_NORMATIVA_001_DE_25_DE_MARCO_DE_2015.pdf. Acesso em: 23 maio 2021.

IPHAN. Conjunto da Fortaleza de Nossa Senhora dos Prazeres e do Morro da Baleira: Ilha do Mel, Paranaguá-PR. Sandra Rafaela Magalhães Corrêa e Clarice Futuro Mülhbauer. Brasília: IPHAN, 2021. Disponível em: http://portal.iphan.gov.br/uploads/publicacao/conjun1.pdf. Acesso em: 24 jul. 2021.

GONÇALVES, José Reginaldo Santos. As transformações do patrimônio: da retórica da perda à reconstrução permanente. In. TAMASO, Izabela Maria; LIMA FILHO, Manuel Ferreira (org.). Antropologia e patrimônio cultural: trajetórias e conceitos. Brasília: Associação Brasileira de Antropologia, 2012.

GVces. Planejamento público em adaptação à mudança do clima: Principais conceitos e aprendizados a partir de experiências internacionais. Centro de Estudos em Sustentabilidade da Escola de Administração de Empresas de São Paulo da Fundação Getulio Vargas. São Paulo, 2016. p. 69.

JESS, Jeferson. A tradição das panelas de barro de Goiabeiras, ES. Blog Caixa Colonial, 2017. Disponível em: https://caixacolonial.club/blog/tradicao-das-panelas-de-barro-de-goiabeiras-es-248/. Acesso em: 1 jan. 2021.

LAPRIDA, Cecilia; ORGEIRA, María Julia; GRACÍA CHAPORI, Natalia. El registro de la pequeña edad de hielo en lagunas pampeanas. Revista de la Asociación Geológica Argentina, v. 65, n. 4, p. 603-611, 2009.

LUCENA, José N. Sousa. Tipologia e hierarquização das ameaças: a importância das informações. Conferência integrada no curso de Defesa Nacional 1991/1992 do Instituto de Defesa Nacional, Porto, 1991. Disponível em: https://core.ac.uk/download/pdf/62686734.pdf. Acesso em: 14 maio 2021.

PEDERSOLI Jr., José Luiz; ANTOMARCHI, Catherine; MICHALSKI, Stefan. Guia de Gestão de Riscos para o Patrimônio Museológico. IBERMUSEUS, ICCROM, 2017.

PELLEGRINI, Ana Carolina Santos; MENENTI, Leandro. Patrimônio Reconstruído. Portal de Conferência da UnB, VI Encontro da Associação Nacional de Pesquisa e Pós-graduação em Arquitetura e Urbanismo. 2020. Disponível em: https://conferencias.unb.br/index.php/ENANPARQ/ViENANPARQ/paper/view/22009. Acesso em: 11 maio 2021.

SERRAGLIO, João. Subsídios para o Plano de Conservação da Fortaleza de Santa Cruz de Anhatomirim. Produtos de consultoria, produto 4, v. 2. Brasília: Iphan, 2020.

SILVA, Alexandre Christófaro; VIDAL-TORRADO, Pablo; MARTINEZ CORTIZA, Antônio; GARCIA RODEJA, Eduardo. Solos do topo da Serra São José (Minas Gerais) e suas relações com o paleoclima no sudeste do Brasil. Revista Brasileira de Ciências do Solo, n. 28, p. 455-466, 2004.

SMITH, Laurajane. Uses of Heritage. New York: Routledge, 2006.

UKCIP. Adaptation Wizard. UK Climate Impacts Programme, 2003. Disponível em:. https://www.ukcip.org.uk/wizard/. Acesso em: 14 maio 2021.

UNESCO. Manual de Referência: Gestão do Patrimônio Mundial Cultural. Brasília: UNESCO Brasil, Iphan, 2016.

UNESCO. Manual de referência: gestão de riscos para o patrimônio mundial. Brasília: UNESCO Brasil, Iphan, 2015.

VANNUCCI, Marta. Os manguezais e nós: uma síntese de percepção. EdUSP: São Paulo, 2003.

ZANIRATO, Silvia Helena; RIBEIRO, Wagner Costa. Patrimônio cultural: a percepção da natureza como um bem não renovável. Rev. Bras. Hist., São Paulo, v. 26, n. 51, p. 251-262, 2006.




DOI: http://dx.doi.org/10.18224/hab.v19i1.8997

Direitos autorais 2021 Luana Cristina da Silva Campos, Sandra Rafaela Magalhães Corrêa

Rodapé - Habitus

Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição Sem Derivações 4.0 CC BY-NC-ND


HABITUS| Instituto Goiano de Pré-História e Antropologia | Pontifícia Universidade Católica de Goiás | e-ISSN 1983-7798 | Qualis CAPES Preliminar 2019 = A3

Visitantes - (04/09/2017 - 12/08/2021)

Fonte: Google Analytics.