ENTRE COSTURAS E NÓS: CENÁRIOS DA MUSEALIZAÇÃO DA ARQUEOLOGIA

Grasiela Tebaldi Toledo

Resumo


A musealização da arqueologia é analisada por meio das pesquisas desenvolvidas do Brasil, com o intuito de compreender suas aproximações e distanciamentos, perpassando pela conservação arqueológica. O artigo estrutura-se a partir do delineamento da relação entre a arqueologia, museologia e conservação, demonstrando o potencial que essas áreas do conhecimento têm para abordar o patrimônio arqueológico em suas esferas teóricas e práticas. Para isso, é demonstrado como a musealização da arqueologia vem se consolidando no cenário nacional como uma perspectiva teórico-metodológica capaz de dialogar diretamente com os desafios contemporâneos da preservação patrimonial, abrangendo os procedimentos de salvaguarda e comunicação, buscando romper com lógicas colonizantes e impulsionando as áreas a patamares condizentes com os anseios das pesquisas acadêmicas e das comunidades e coletivos envolvidos com o patrimônio arqueológico. Por fim, o artigo apresenta três premissas para que a arqueologia, museologia e conservação alinhem-se de forma profícua e costurem novas possibilidades preservacionistas.

Palavras-chave


Musealização da arqueologia; Conservação arqueológica; Patrimônio arqueológico; Preservação.

Texto completo:

PDF

Referências


ALCÂNTARA, Aureli Alves de. Paulo Duarte entre sítios e trincheiras em defesa da sua dama – A Pré-História. Dissertação (Mestrado em Arqueologia) - Universidade de São Paulo, São Paulo, 2007.

AMARANTE, Cristiane Eugênia da Silva. Refletindo sobre musealização: um encontro entre o público e Arqueologia marítima em Santos. Dissertação (Mestrado em Arqueologia) - Universidade de São Paulo, São Paulo, 2014.

BALLARDO, Luciana Oliveira Messeder. Documentação museológica: a elaboração de um sistema documental para acervos arqueológicos e sua aplicação no Laboratório de Estudos e Pesquisas Arqueológicas/UFSM. Dissertação (Mestrado em Patrimônio Cultural) - Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria, 2013.

BRAGA, Gedley Belchior. Conservação preventiva: acondicionamento e armazenamento de acervos complexos em reserva técnica: o caso MAE/USP. Dissertação (Mestrado em Ciência da Comunicação) - Universidade de São Paulo, São Paulo, 2003.

BRAGA, Márcia Dantas. Projeto de Conservação de sítios arqueológicos com pintura rupestre no Alto Sertão Baiano. Dissertação (Mestrado em Arquitetura) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 1999.

BRUNO, Maria Cristina Oliveira. O Museu do Instituto de Pré-História: um museu a serviço da pesquisa científica. Dissertação (Mestrado em História Social) - Universidade de São Paulo, São Paulo, 1984.

BRUNO, Maria Cristina Oliveira. Musealização da Arqueologia: um estudo de modelos para o projeto Paranapanema. Tese (Doutorado em Arqueologia) - Universidade de São Paulo, São Paulo, 1995.

BRUNO, Maria Cristina Oliveira. Musealização da Arqueologia: caminhos percorridos. Revista de Arqueologia, São Paulo, v. 26/27, n. 2/1, p. 4-15, 2014.

CARDOSO, Rosemary Aparecida. Arqueologia musealizada e Educação Patrimonial: caminhos e desafios da transmissão do conhecimento nos museus recifenses. Dissertação (Mestrado em Arqueologia) - Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2013.

CARNEIRO, Carla Gibertoni. Ações educativas no contexto da arqueologia preventiva: uma proposta para a Amazônia. Tese (Doutorado em Arqueologia) - Universidade de São Paulo, São Paulo, 2009.

CAMPOS, Adriana Negreiros. Arqueologia e Educação: as Ruínas Engenho São Jorge dos Erasmos como fio condutor de práticas educacionais. Dissertação (Mestrado em Arqueologia) - Universidade de São Paulo, São Paulo, 2014.

CASCAIS, Juliana Bizarro. A gestão e conservação de artefatos arqueológicos metálicos: o caso da intervenção realizada na Residência Conselheiro Francisco Antunes Maciel – Pelotas, RS. Dissertação (Mestrado em Antropologia e Arqueologia) - Universidade Federal de Pelotas, Pelotas, 2016.

CASTRIOTA, Leonardo Barci. Patrimônio Cultural. Conceitos, Políticas, Instrumentos. São Paulo: Annablume, 2009.

COSTA, Henrique Antônio Valadares. Arqueologia do Estado do Espírito Santo: subsídios para a gestão do patrimônio arqueológico no período de investigação acadêmica de 1966 a 1975. Dissertação (Mestrado em Arqueologia) - Universidade de São Paulo, São Paulo, 2013.

DODE, Susana dos Santos. A preservação de vestígios metálicos arqueológicos do século XIX provenientes de campos de batalha do sul do Brasil e Uruguai. Dissertação (Mestrado em Antropologia) - Universidade Federal de Pelotas, Pelotas, 2016.

FERREIRA, Lúcio Menezes. Essas coisas não lhes pertencem: relação entre legislação arqueológica, cultura material e comunidades. Revista de Arqueología Pública, Campinas, n. 7, jul. 2013.

FERREIRA, Maria de Simone. Percursos da memória: narrativas sobre patrimônio no Museu de Arqueologia de Itaipu. Tese (Doutorado em História Social da Cultura) - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2017.

FRONER, Yacy-Ara. Conservação preventiva e patrimônio arqueológico e etnográfico: ética, conceito e critérios. Revista do Museu de Arqueologia e Etnologia, São Paulo, n. 5, p. 291-301, 1995.

FRONER, Yacy-Ara. Conservação e restauração: a legitimação da Ciência. In: FRONER, Yacy-Ara (org.). Cadernos de Ciência & Conservação. Teoria e Contexto. Belo Horizonte. v. 1, n. 1, p. 9-20, 2014.

GABRIELLE, Maria Cecília Filgueiras Lima. Sociomuseologia. Uma reflexão sobre a relação Museus e Sociedade. Expressa Extensão, Pelotas, v. 9, n. 2, p. 43-53, 2014.

GHETTI, Neuvânia Curty. Conservação arqueológica e Salvaguarda: perspectivas para a preservação e valorização dos acervos arqueológicos. In: XVII Congresso da SAB, 2013a, Aracaju/SE. Anais [...]. Aracaju/SE, 2013a.

GHETTI, Neuvânia Curty. Conservação arqueológica em meio Forense: ampliando o potencial de análise em deposições mortuárias. In: XVII Congresso da SAB, 2013b, Aracaju/SE. Anais [...]. Aracaju/SE, 2013b.

GRANATO, Marcus. Apresentação. MAST Colóquia, Rio de Janeiro, v. 9, p. 5-14, 2007.

GRANATO, Marcus; CAMPOS, Guadalupe do Nascimento. Teorias da conservação e desafios para acervos científicos. In: FRONER, Yacy-Ara (org.). Cadernos de Ciência & Conservação. Teoria e Contexto. Belo Horizonte, v. 1, n. 1, p. 22-37, 2014.

GUILLAUME, Marc. A Política do Patrimônio. Tradução de Joana Caspurro. Porto: Campo das Letras, 2003.

HARTOG, François. Tempo e Patrimônio. Varia Historia, Belo Horizonte, v. 22, n. 36, p. 261-273, 2006.

HODDER, Ian. The Leopard’s Tale. Revealing the Mysteries of Çatalhöyük. London: Thames & Hudson, 2006.

HOLLOWELL, Julie; NICHOLAS, George. Using Ethnographic Methods to Articulate Community-Based Conceptions of Cultural Heritage Management, v. 8, n. 2-3, p. 141-160, 2009.

LEAL, Ana Paula da Rosa. Arqueologia, Museologia e Conservação: Documentação e Gerenciamento da Coleção proveniente do Sítio Santa Bárbara (Pelotas-RS). Dissertação (Mestrado em Antropologia) - Universidade Federal de Pelotas, Pelotas, 2014.

MELQUÍADES, Vinícius. Os artesãos da pedra: Arqueologia e Museologia das vasilhas de pedra-sabão em Minas Gerais. Dissertação (Mestrado em Arqueologia) - Universidade de São Paulo, São Paulo, 2011.

MENESES, Ulpiano Toledo Bezerra de. Premissas para a formulação de políticas públicas em Arqueologia. Revista do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, n. 33, p. 37-57, 2007.

MONTALVÃO, Ana Carolina Motta Rocha. Ciência do Patrimônio: gestão do Patrimônio Arqueológico no âmbito do Licenciamento Ambiental em Minas Gerais. Dissertação (Mestrado em Artes) - Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, 2015.

MOORE, Christopher R.; THOMPSON, Victor D. Animism and Green River persistent places: A dwelling perspective of the Shell Mound Archaic. Journal of Social Archaeology, v. 12, p. 264-284, 2012.

MOUTINHO, Mário. Definição evolutiva de Sociomuseologia. Proposta para reflexão. Cadernos de Sociomuseologia, v. 28, n. 28, 2007.

OLIVEIRA, Renata de Almeida. Memórias da ocupação indígena no estado do Rio de Janeiro: um estudo de caso do Museu de Arqueologia Sambaqui da Tarioba. Dissertação (Mestrado em Museologia) - Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2011.

PANACHUK, Lílian. Arqueologia Preventiva e Socialmente Responsável! A musealização compartilhada e meu mundo expandido. Baixo Amazonas, Juriti/Pará. Dissertação (Mestrado em Arqueologia) - Universidade de São Paulo, São Paulo, 2011.

PAULA, Teresa Cristina Toledo de. De Plenderleith a Al Gore. O ideário vigente na conservação de bens culturais móveis no século XXI. Anais do Museu Paulista. São Paulo, v. 16, n. 2, p. 241-264, 2008.

PEREIRA, Daiane. Reserva Técnia Viva: extroversão do Patrimônio Arqueológico no Laboratório de Arqueologia Paul Hilbert. Dissertação (Mestrado em Arqueologia) - Universidade Federal de Sergipe, Aracaju, 2015.

PERÉZ, Ana Pastor. Towards a Social Archaeological Conservation in Barcelona. Complutum, v. 27, n. 2, p. 259-280, 2016.

RADICCHI, Gerusa de Alkimin. O Laboratório de Estudos Antárticos em Ciências Humanas da UFMG e a preservação de acervos arqueológicos. In: XVII Congresso da SAB, 2013, Aracaju/SE. Anais [...]. Aracaju/SE, 2013.

RAMOS, Claudinéli Moreira. Documentação e Conservação de Acervos: Requisitos decisivos para a preservação patrimonial. In: GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO; ACAM PORTINARI. Documentação e Conservação de Acervos Museológicos: Diretrizes. São Paulo: Secretaria de Estado da Cultura de São Paulo, 2010.

RAMOS, Rafaela Nunes. Reflexões sobre Gestão Arqueológica e Museológica da Cultura Material: o sítio guarani PS-03 Totó (Pelotas – RS) e seus vestígios. Dissertação (Mestrado em Memória Social e Patrimônio Cultural) - Universidade Federal de Pelotas, Pelotas, 2013.

RIBEIRO, Diego Lemos. A Musealização da Arqueologia: um estudo dos Museus de Arqueologia do Xingó e do Sambaqui de Joinville. Tese (Doutorado em Arqueologia) - Universidade de São Paulo, São Paulo, 2012.

SALAZAR-SIERRA, Maria Elena. La identidad cultural en la conformación de colecciones arqueológicas en Colombia. In: CURTONI, Rafael Pedro; ENDERE, María Luz (ed.). Análisis, Interpretación y Gestión en la Arqueología de Sudamérica. Unicen: Argentina, 2009.

SANTOS, Heide Roviene Santana dos. Patrimônio Arqueológico Musealizado em Sergipe: um estudo de caso sobre a relação documentação arqueológica e informação arqueológica como procedimento essencial de gestão de coleções. Dissertação (Mestrado em Arqueologia) - Universidade Federal de Sergipe, Aracaju, 2015.

SANTOS, Patrícia Palma. O passado no presente: a importância da educação patrimonial e do arqueoturismo para a preservação do patrimônio arqueológico da “Estrada Real”. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal de São João del Rei, São João del Rei, 2015.

SERRA, Roseane da Conceição Santos. Musealização da Arqueologia: um estudo sobre o Museu Dom Avelar Brandão Vilela e a coleção de moedas romanas da dinastia Constantiniana. Dissertação (Mestrado em Arqueologia) - Universidade Federal do Piauí, Teresina, 2014.

SCHNEIDER, Patrícia. Um Patrimônio “Adormecido”: a Cultura Material Arqueológica Pré-Colonial nos Lugares de Memória do Vale do Taquari/RS. Dissertação (Mestrado em Patrimônio Cultural) - Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria, 2010.

SILVA, Abrahão Sanderson Nunes da. Musealização da Arqueologia: diagnóstico do Patrimônio Arqueológico em Museus Potiguares. Dissertação (Mestrado em Arqueologia) - Universidade de São Paulo, São Paulo, 2008.

SILVA, Ana Flávia Sousa. Complexo Arqueológico Serra do Morcego, Caxingó (PI): proteção, conservação e manejo de sítios arqueológicos de registros rupestres. Dissertação (Mestrado em Antropologia e Arqueologia) - Universidade Federal do Piauí, Teresina, 2014.

SILVA, Maurício André da. Memória e histórias no sudeste amazônico: o Museu Regional de Arqueologia de Rondônia. Dissertação (Mestrado em Arqueologia) - Universidade de São Paulo, São Paulo, 2015.

SILVA, Selma Lima da. Contexto Comunitário e Educação Patrimonial: um estudo de caso em União dos Palmares – AL. Dissertação (Mestrado em Arqueologia e Preservação do Patrimônio) - Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2010.

SOUZA, Helena Vieira Leitão de. Patrimônio Arqueológico e museus: a coleção Balbino de Freitas e o Museu Nacional. Dissertação (Mestrado em Museologia e Patrimônio) - Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2012.

SOUZA, Taciane Silveira. Preservação do Patrimônio Arqueológico de Fronteira: Museo del Patrimonio Regional de Rivera – Uruguai. Dissertação (Mestrado em Antropologia e Arqueologia) - Universidade Federal de Pelotas, Pelotas, 2017.

TAMANINI, Elizabete. Museu Arqueológico de Sambaqui: um olhar necessário. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 1994.

TAUHYL, Ana Paula Moreli. Alfabetização do Olhar: aprender pelos objetos e suas representações. Dissertação (Mestrado em Arqueologia) - Universidade de São Paulo, São Paulo, 2013.

TESSARO, Piero Alessandro Bohn. Pedaços de uma Paulicéia espalhados pela Urbe: musealizando uma Arqueologia com a Cidade. Dissertação (Mestrado em Arqueologia) - Universidade de São Paulo, São Paulo, 2013.

TOLEDO, Grasiela Tebaldi. A pesquisa arqueológica em Quaraí/RS: uma contribuição à identificação do Patrimônio local. Dissertação (Mestrado Profissionalizante em Patrimônio Cultural) - Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria, 2010.

TOLEDO, Grasiela Tebaldi. A pesquisa arqueológica na Estância Velha do Jarau e os museus da Fronteira Oeste do Rio Grande do Sul – interfaces entre Patrimônio, Memória e Identidade. Dissertação (Mestrado em Arqueologia) - Universidade de São Paulo, São Paulo, 2011.

TOLEDO, Grasiela Tebaldi. Construindo um trabalho sobre musealização da arqueologia: fronteira, estâncias e museus. Revista de Arqueologia, São Paulo: SAB v. 26, n. 2, v. 27, n. 1, p. 160-181, 2014.

VARINE, Hugues de. A Nova Museologia: ficção ou realidade. Museologia Social. Unidade Editorial da Secretaria Municipal de Cultura. Porto Alegre, 2000. p. 21-33.

VASCONCELOS, Mara Lúcia Carrett de. Arqueologia da Escravidão e Cultura material sob a ótica da Teoria Contemporânea da Restauração. In: XVII Congresso da SAB, 2013, Aracaju/SE. Anais [...]. Aracaju/SE, 2013.

VASCONCELOS, Mara Lúcia Carett de. Artefatos em ferro de origem terrestre: um estudo de caso sobre a interface entre pesquisa arqueológica e conservação no sítio Charqueada Santa Bárbara, Pelotas, RS, Brasil. Dissertação (Mestrado em Arqueologia) - Universidade Federal de Sergipe, Aracaju, 2014.

WICHERS, Camila Azevedo de Morais. Museus e Antropofagia do Patrimônio Arqueológico: (Des) Caminhos da prática brasileira. Tese (Doutorado em Museologia) - Lisboa, 2010.

WICHERS, Camila Azevedo de Morais. Patrimônio Arqueológico Paulista: proposições e provocações museológicas. Tese (Doutorado em Arqueologia) - Universidade de São Paulo, São Paulo, 2011.

WICHERS, Camila Azevedo de Morais. Dois enquadramentos, um mesmo problema: os desafios da relação entre museus, sociedade e patrimônio arqueológico. Revista de Arqueologia, São Paulo: SAB, v. 26, n. 2, v. 27, n. 1, p. 16-39, 2014.

ZANATA, Eliane Marchezini; GRANATO, Marcus. Subjetividade e Objetividade: as decisões nos processos de conservação e restauração dos bens culturais. In: XVII ENANCI, 2016. Anais [...]. Bahia, 2016.




DOI: http://dx.doi.org/10.18224/hab.v17i1.7107

Direitos autorais 2019 Grasiela Tebaldi Toledo

Rodapé - Habitus

Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição Sem Derivações 4.0 CC BY-NC-ND


HABITUS| Instituto Goiano de Pré-História e Antropologia | Pontifícia Universidade Católica de Goiás | e-ISSN 1983-7798 | Qualis CAPES Preliminar 2019 = A3

Visitantes - (04/09/2017 - 03/12/2019)

Fonte: Google Analytics.