Conservation Policies and Indigenous People Territorial Rights: the case of Región San Martín in Perú

Anahí Chaparro Ortiz de Zevallos, Miguel Valderrama Zevallos

Resumo


POLÍTICAS DE CONSERVAÇÃO E DIREITOS TERRITORIAIS DOS POVOS INDÍGENAS: O CASO DA REGIÃO SAN MARTÍN, PERÚ

Resumo: o presente artigo analisa como é formulado o desenvolvimento sustentável na região San Martín, Amazônia peruana, a partir da construção de técnicas para a gestão territorial e o manejo eficiente dos recursos naturais pelo Governo Regional, bem como seus efeitos nos territórios e povos indígenas desta região. Visamos a analisar como este processo de territorialização produz os territórios e a população indígena como domínio de conhecimento, campo de intervenção e como sujeitos e objetos do desenvolvimento sustentável. A consequência deste processo é a abertura de uma distância entre o desenvolvimento sustentável e o respeito dos direitos territoriais dos povos indígenas, por eles reivindicados. Assim as populações indígenas, através das suas organizações representativas, exigem a titulação comunal e defendem seu direito a acessar suas zonas tradicionais e a manter suas práticas de cultivo, caça e recolecção, transformando, com essas reivindicações, o desenvolvimento sustentável em San Martin.

Palavras-chave: Povos indígenas. Amazônia. Território. Políticas Públicas. Desenvolvimento Sustentável.

Abstract: this article reflects about how sustainable development is formulated in San Martín, region of the Peruvian Amazon, based on construction of techniques for territorial management and efficient management of natural resources by Regional Government and their effects on the territories and indigenous peoples of this region. We aim analyze how this process of territorialization produces territories and indigenous population as domain of knowledge, field of intervention and as subjects and objects of sustainable development. The consequence of this process is that a gap has been opened between sustainable development and respect for the territorial rights of indigenous peoples, which they claim. Thus indigenous populations, through their representative organizations, demand the titling of native communities, defend their right to access their traditional zones and to maintain their practices of cultivation, hunting and gathering, transforming with these demands the sustainable development in San Martin.

Keywords: Indigenous people. Amazon. Territory. Public Policies. Sustainable development

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18224/hab.v15i1.5901

Direitos autorais 2017 Anahí Chaparro Ortiz de Zevallos, Miguel Valderrama Zevallos

Rodapé - Habitus

Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição Sem Derivações 4.0 CC BY-NC-ND


HABITUS| Instituto Goiano de Pré-História e Antropologia | Pontifícia Universidade Católica de Goiás | e-ISSN 1983-7798 | Qualis CAPES Preliminar 2019 = A3

Visitantes - (04/09/2017 - 03/12/2019)

Fonte: Google Analytics.