Marcadores de Estresse Mecânico-Postural em Populações Sambaquieiras do Estado do Rio de Janeiro

Claudia Rodrigues-Carvalho, Sheila Mendonça de Souza

Resumo


Este trabalho foi desenvolvido com o intuito de observar o impacto de hábitos mecânico-posturais em remanescentes esqueléticos de quatro populações sambaquieiras do estado do Rio de Janeiro. Três tipos de marcadores foram analisados: hipertrofias, facetas acessórias e impressões ósseas. Os dados obtidos indicaram pressões cotidianas similares, porém com variabilidade nas demandas mecânico-posturais intra e interséries.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18224/hab.v3.2.2005.241-259

Direitos autorais

Rodapé - Habitus

Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição Sem Derivações 4.0 CC BY-NC-ND


HABITUS| Instituto Goiano de Pré-História e Antropologia | Pontifícia Universidade Católica de Goiás | e-ISSN 1983-7798 | Qualis CAPES Preliminar 2019 = A3

Visitantes - (04/09/2017 - 03/12/2019)

Fonte: Google Analytics.