A Roça Asurini e o Fogo Bonito de Aí

Caroline Caromano, Leandro Matthews Cascon, Rui Sérgio Sereni Murrieta

Resumo


Resumo: a queima é uma prática comum nos sistemas tradicionais de agricultura, como de populações indígenas Asurini do Rio Xingu, no leste da Amazônia. As queimadas das roças envolvem não somente o controle da secagem das madeiras derrubadas e conhecimento do regime das chuvas, da temperatura do ambiente e da direção e velocidade dos
ventos, mas também negociações com o sobrenatural. Neste trabalho, estamos especialmente interessados no aspecto ritual do fogo durante a abertura e limpeza das roças Asurini, demonstrando através de observações obtidas em campo como o fogo toma dimensões
simbólicas nesta prática.
Palavras-chave: Asurini do Xingu. Fogo. Roça.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18224/hab.v14.1.2016.131-140

Direitos autorais 2016 Habitus

 

Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição Sem Derivações 4.0 CC BY-NC-ND


HABITUS | Instituto Goiano de Pré-História e Antropologia | Pontifícia Universidade Católica de Goiás | e-ISSN 1983-7798 | Qualis B2

Flag Counter