Paisagens: práticas, memórias e narrativas

José Roberto Pellini

Resumo


Resumo: antes de ser apenas um espaço neutro e cartesiano, destinado apenas
ao olhar distanciado, paisagem é uma apropriação subjetiva que envolve práticas,
memórias e narrativas, pois não existe experiência que não seja sensorial,
assim como não existe experiência que não seja mediada pela memória e
que não esteja situada em um lugar.

Palavras-chave: Paisagem. Memória. Sentidos.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18224/hab.v12.1.2014.125-142

Direitos autorais 2015 Habitus

Rodapé - Habitus

Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição Sem Derivações 4.0 CC BY-NC-ND


HABITUS| Instituto Goiano de Pré-História e Antropologia | Pontifícia Universidade Católica de Goiás | e-ISSN 1983-7798 | Qualis CAPES Preliminar 2019 = A3

Visitantes - (04/09/2017 - 25/06/2020)

Fonte: Google Analytics.