A Comunicação através da arte na Província Jesuítica do Paraguai

Lizete Dias de Oliveira

Resumo


O artigo apresenta o resultado de um estudo sobre a arte produzida na Província Jesuítica do Paraguai, abordando, em um breve histórico, a instalação das missões em território brasileiro e seu processo de ruinação, com a conseqüente dispersão e descontextualização das esculturas existentes nas missões brasileiras. Em um segundo momento, enfoca a trajetória de três igrejas: São Miguel, São João e Santo ?â??ngelo, uma vez que as igrejas eram o palco onde se desenrolavam os rituais de ressimbolização, nos quais as esculturas desempenhavam importante papel para a cristianização dos Guarani. Finalmente, o artigo mostra as opções teóricas de classificação da arte das missões, enfocando apenas as esculturas resgatadas e que pertencem atualmente ao museu da Missão de São Miguel.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18224/hab.v5.1.2007.13-37

Direitos autorais

Rodapé - Habitus

Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição Sem Derivações 4.0 CC BY-NC-ND


HABITUS| Instituto Goiano de Pré-História e Antropologia | Pontifícia Universidade Católica de Goiás | e-ISSN 1983-7798 | Qualis CAPES Preliminar 2019 = A3

Visitantes - (04/09/2017 - 03/12/2019)

Fonte: Google Analytics.