"Queijo de Coalho-Rei do Balcão": expansão da produção alicerçada pela demanda dos migrantes sertanejos

Sônia de Souza Mendonça Menezes

Resumo


Resumo: o presente artigo tem como objetivo desvelar a história da produção, comercialização e consumo do Queijo de Coalho artesanal, assim como as relações desse alimento com a
identidade cultural dos migrantes sertanejos, a partir da pesquisa de campo realizada com produtores, comerciantes e consumidores. A abordagem está fundamentada não somente
nas relações identificadas entre o consumo desse alimento e a identidade territorial como também na comprovação da expressiva demanda do derivado no mercado informal.
Palavras-chave: Queijo de coalho. Migrantes sertanejos. Identidade.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18224/hab.v11.2.2013.143-158

Direitos autorais

Rodapé - Habitus

Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição Sem Derivações 4.0 CC BY-NC-ND


HABITUS| Instituto Goiano de Pré-História e Antropologia | Pontifícia Universidade Católica de Goiás | e-ISSN 1983-7798 | Qualis CAPES Preliminar 2019 = A3

Visitantes - (04/09/2017 - 03/12/2019)

Fonte: Google Analytics.