A Preservação do Patrimônio Arqueológico: a interseção com o meio ambiente e a identidade cultural

Carlos Xavier de Azevedo Netto

Resumo


Este artigo apresenta algumas considerações sobre a relação entre o patrimônio arqueológico e a sua preservação diante dos estudos ambientais dos grandes projetos. Para tanto, serão observados a regulamentação dos estudos sobre o patrimônio arqueológico, a dimensão que assume diante das agências regulatórias e o papel dos instrumentos legais que instituíram a inclusão das ações preservacionistas. Por meio das ações de educação patrimonial, reconhece-se o vínculo entre o patrimônio arqueológico e a sociedade, por meio de mecanismos de memória e do eferenciamento de identidade, papel social da Arqueologia.

Palavras-chave


preservação; diagnóstico arqueológico; prospecção; resgate; função social

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18224/hab.v3.1.2005.145-169

Direitos autorais

Rodapé - Habitus

Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição Sem Derivações 4.0 CC BY-NC-ND


HABITUS| Instituto Goiano de Pré-História e Antropologia | Pontifícia Universidade Católica de Goiás | e-ISSN 1983-7798 | Qualis B2

Visitantes - (01/01/2005 - 01/08/2019)
País Usuários
Brasil 11.051
Estados Unidos 625
França 348
Argentina 155
Portugal 117
México 98
Reino Unido 84
Alemanha 77
Espanha 54
Total 13.137

Fonte: Google Analytics.