Revista Habitus - Instituto Goiano de Pré-História e Antropologia


Próximas Edições:

A revista Habitus, editada pela PUC Goiás/IGPA está recebendo artigos, resenhas, dossiê acadêmico, entrevistas e resumos de teses e dissertações para os próximos números indicados abaixo:

Dossiê Temático: Arqueologia da Guerra e da Violência

O estudo sistemático da guerra e da violência na arqueologia contribuiu para avançar nossa compreensão da escala e dos papéis que elas desempenharam no passado, e como estas se relacionam com a sociedade e a cultura. Uma ampla gama de evidências arqueológicas tem sido usada para identificar a guerra e a violência no tempo e no espaço, como traumas esqueléticos, armas, tecnologias de combate, valas comuns e apetrechos rituais relacionados à guerra, fortificações e iconografias marciais, além de informações etnográficas e etno-históricas. São aceitos neste dossiê temático artigos de natureza arqueológica, antropológica e multidisciplinar, que tratam sobre a violência e/ou guerra em qualquer época e lugar. Os tópicos incluem (mas não estão limitados): o impacto social da guerra; as maneiras pelas quais as comunidades consideraram, responderam e usaram a violência; e as interconexões potenciais da violência e da guerra com gênero, infância, raça, etnia e classe, bem como com ritual, cosmologia, ideologia e outras formas de prática e desempenho cultural. Os estudos de caso são particularmente bem-vindos, bem como discussões teóricas e metodológicas sobre as maneiras pelas quais pesquisadores podem estudar a violência e/ou a guerra no passado.

Os artigos devem ser enviados em inglês, português ou espanhol seguindo as normas editoriais da revista e submetidos eletronicamente: Submissões. Em caso de dúvidas, entrar em contato com as editoras da revista: habitus@pucgoias.edu.br.

Editores Convidados:
Dra. Fernanda Neubauer (University of Wisconsin-Madison)
Dr. Nam C. Kim (University of Wisconsin-Madison)

Thematic Issue: Archaeology of Violence and Warfare

The systematic study of warfare and violence in archaeology has led to advances in our understanding of the scale and roles that they played in the past, and how they relate to society and culture. A wide range of archaeological evidence has been used to identify warfare and violence across time and space, such as skeletal trauma, weapons, fighting technologies, war-related ritual paraphernalia and mass graves, fortifications, and martial iconographies, along with ethnographic and ethnohistoric information. This volume welcomes archaeological, anthropological and multidisciplinary papers in English, Portuguese or Spanish from scholars researching violence and/or warfare in any time and place. Topics include, but are not limited to: the social impact of warfare; the ways in which communities have viewed, responded to, and used violence; and the potential interconnections of violence and warfare with gender, childhood, race, ethnicity, and class, as well as with ritual, cosmology, ideology, and other forms of cultural practice and performance. Case studies are particularly welcome, as well as theoretical and methodological discussions of the ways that researchers can study violence and/or warfare in the past.

Habitus is the peer-reviewed journal of the Brazilian Institute Goiano of Prehistory and Anthropology. Submissions should be made online at the journal’s website, following the journal’s guidelines: Submissões. Questions should be directed to the journal’s editors at habitus@pucgoias.edu.br.

Guest Editors:
Dra. Fernanda Neubauer (University of Wisconsin-Madison)
Dr. Nam C. Kim (University of Wisconsin-Madison)

Os artigos devem ser enviados, seguindo as normas editoriais da revista e submetidos eletronicamente. Em caso de duvidas, entrar em contato com as editoras: habitus@pucgoias.edu.br


v. 19, n. 1 (2021): Os bens culturais frente a mudança climática


Capa da revista
CAPA: Imagem registrada pelo fotógrafo português Felipe Augusto Fidanza no Engenho do Murutucu/PA, durante uma de suas visitas a Belém na década de 1870. Edição e colorização artística da imagem, Editora PUC Goiás.
Fonte: Diogo Costa, 2021