A EUFORIA GLANDULAR NA METÁFORA POÉTICA DE YÊDA SCHMALTZ

Paulo Antônio Vieira Júnior

Resumo


O presente estudo analisa a metáfora constituída no poema “Glândulas II”, de Yêda Schmaltz, composição inserida em Baco e Anas Brasileiras (1985). A leitura se desenvolve no sentido de apontar que a autora construiu uma complexa cadeia de significantes ao constituir um eixo sintagmático incompatível com o eixo paradigmático, isto é, há uma evidente dissonância entre as imagens sugeridas pelo poema e a terminologia empregada nele. Além disso, por meio da colagem de um poema de Federico García Lorca, o poema estudado encontra uma saída erótico-cômica para elaborar um discurso poético que subverte valores sociais e as estratégias da pornografia falocêntrica. Tais considerações encontram suporte teórico em Roland Barthes (2003), Georges Bataille (2014) e Nuno César Abreu (1996), dentre outros.

Palavras-chave


Yêda Schmaltz; Metáfora; Erótico; Pornografia.

Texto completo:

PDF

Referências


ABREU, Nuno César. O olhar pornô: a representação do obsceno no cinema e no vídeo. Campinas: Mercado de Letras, 1996.

BARTHES, Roland. A metáfora do olho. In.: BATAILLE, Georges. História do olho. 2. ed. São Paulo: Cosac Naify, 2003, p. 119-128.

BATAILLE, Georges. O erotismo. Trad. Fernando Scheibe. Belo Horizonte: Autêntica Editora, 2014.

CANDIDO, Antonio. Na sala de aula. 5. ed. São Paulo: Ática, 2008.

CANDIDO, Antonio. Sensualidade e naturismo. In: Formação da literatura brasileira. Rio de Janeiro: Ouro Sobre Azul, 2012, p. 217-221.

LORCA, Federico García. Obra poética completa. 5. ed. Trad. Willian Angel de Mello. São Paulo: Editora WMF Martins Fontes, 2012.

PERKOSKI, Norberto. A transgressão erótica na obra de João Gilberto Noll. Santa Cruz do Sul: EDUNISC, 1994.

SADE, Marquês. Os 120 dias de Sodoma ou a escola da libertinagem. Trad. Alain François. São Paulo: Iluminuras, 2011.

SCHMALTZ, Yêda. A alquimia dos nós. Goiânia: Secretaria de Educação e Cultura, 1979.

SCHMALTZ, Yêda. Baco e Anas brasileiras. Rio de Janeiro: Achiamé, 1985.

VIEIRA JÚNIOR, Paulo Antônio. Uma escrita sustentada pela paixão: a poesia erótica de Yêda Schmaltz. 2014. 364 f. Tese (Doutorado em Letras) - Universidade Federal de Goiás, Goiânia, GO.

XAVIER, Elódia. Que corpo é esse? O corpo no imaginário feminino. Florianópolis: Editora Mulheres, 2007.




DOI: http://dx.doi.org/10.18224/gua.v9i1.7747

Rodapé - Fragmentos
 

Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição Sem Derivações 4.0 CC BY-NC-ND


GUARÁ | Departamento de Letras | Pontifícia Universidade Católica de Goiás | e-ISSN 2237-4957 | Qualis B2

Visitantes - (05/09/2017 - 25/06/2020)

Fonte: Google Analytics.