ALICE INANIMADA: ANÁLISE E RECEPÇÃO DA NOVELA DIGITAL VOLTADA À GERAÇÃO DO SÉCULO XXI

Alice Atsuko Matsuda

Resumo


O presente artigo pretende analisar a novela digital Alice Inanimada, episódio 1-China e episódio 2-Itália, de Kate Pullinger e Chris Joseph, com intuito de verificar como os autores conjugam hipertextos e recursos midiáticos (sons, imagens e movimentos) e se o estético se manifesta nas obras, ao dialogar a imagem visual e a palavra, e como se dá a inserção da música na interação entre o verbal e o não verbal. Além disso, apresentar a aplicação de uma experiência-piloto, em uma escola pública de Anadia e em Coimbra, em Portugal, com intuito de avaliar a recepção da obra, pelos alunos de duas turmas do 6.º ano e uma do 8.º ano, assim como pelas professoras das turmas.

Palavras-chave


Literatura digital. Literatura Infantil e Juvenil. Alice Inanimada. Digital Literature, Children's and Juvenile Literature, Inanimate Alice.

Texto completo:

PDF

Referências


AARSETH, Espen J. Cibertexto: Perpectivas sobre a Literatura Ergódica. Tradução Leonor Telles e José Augusto Mourão. Revisão Científica de Luís Fellipe B. Teixeira. Lisboa: Pedra de Roseta. 2006.

ANDRÉ, Marli Eliza Dalmazo Afonso. Etnografia da prática escolar. 14. ed. Campinas, São Paulo: Papirus, 2008.

CARR, N. The Shallows: What the Internet is Doing to Our Brains. Kindle Edition, 2010.

CARROLL. Lewis. Aventuras de Alice - no País das Maravilhas, Através do Espelho e o que Alice encontrou lá (e outros textos). Tradução e organização de Sebastião Uchoa Leite. São Paulo: Summus, 1977.

FERREIRA, Ermelinda Maria Araújo. Inanimate Alice: o bildungsroman da era digital. Revista Brasileira de Literatura Comparada, v. 15, n. 22, 2013. Disponível em: http://revista.abralic.org.br/index.php/revista/article/view/301/305. Acesso em: 14 jun. 2018.

FRADE, Isabel Cristina Alves da Silva; VAL, Maria da Graça Costa; BREGUNCI, Maria das Graças de Castro. (Orgs.). Multimodalidade. In: FRADE, Isabel Cristina Alves da Silva; VAL, Maria da Graça Costa; BREGUNCI, Maria das Graças de Castro. Glossário Ceale: termos de alfabetização, leitura e escrita para educadores. Belo Horizonte: UFMG/Faculdade de Educação, 2014. Disponível em: http://www.ceale.fae.ufmg.br/app/webroot/glossarioceale/verbetes/multimodalidade. Acesso em: 16 jun. 2018.

HAYLES, N. Katherine. Literatura eletrônica: novos horizontes para o literário. São Paulo: Global; Passo Fundo: UFP, 2009.

KIRCHOF, Edgar Roberto. O desaparecimento do autor nas tramas da literatura digital: uma reflexão foucaultiana. Signo, Santa Cruz do Sul, v. 34, n. 56, p. 46-63, ja./jun. 2009. Disponível em: https://online.unisc.br/seer/index.php/signo/article/view/962. Acesso em: 12 jun. 2018.

MACHADO, Ana Maria et. al . Inanimate Alice – the story of the series and its impact in Portugal. Revista MatLit - Materialidades da Literatura, Coimbra, Portugal, mar. 2018. Disponível em: http://impactum-journals.uc.pt/matlit/article/view/5279. Acesso em 10 out. 2018.

MACHADO, Carlos José Saldanha. Tecnologia, meio ambiente e sociedade: uma introdução aos modelos teóricos. Rio de Janeiro: E-Papers Serviços Editoriais, 2003.

VIEIRA PINTO, Álvaro. O conceito de Tecnologia. Rio de Janeiro: Contraponto, 2005.

PULLINGER, Kate; JOSEPH, Chris; CAMPBELL, Andy. Inanimate Alice. A digital novel. Disponível em: https://inanimatealice.com/about-the-project/. Acesso em: 10 jun. 2018.

PORTUGAL. Ministério da Educação. Biblioteca Digital. Março, 2017. Disponível em: http://bibliotecalivrosdigitais.observalinguaportuguesa.org/. Acesso em: 12 maio 2018.

PORTUGAL. Ministério da Educação. Perfil dos alunos à saída da escolaridade obrigatória. Fevereiro, 2017. Disponível em: https://dge.mec.pt/sites/default/files/Noticias_Imagens/perfil_do_aluno.pdf. Acesso em: 14 jun. 2018.

PORTUGAL. Ministério da Educação. Plano Nacional de Leitura (PNL3). Março, 2017. Disponível em: http://www.planonacionaldeleitura.gov.pt/index.php?s=diretorio&pid=97&title=Apresentacao&ppid=96#. Acesso em: 13 jun. 2018.

ROWLING, J. K. Harry Potter e a pedra filosofal. Rio de Janeiro: Rocco, 1999.

SANTAELLA, Lúcia. Navegar no ciberespaço: o perfil cognitivo do leitor imersivo. São Paulo: Paulus, 2004.

ZACHARIAS, Valéria Ribeiro de Castro. Letramento digital: desafios e possibilidades para o ensino. In: COSCARELLI, Carla Viana. (Org.). Tecnologias para aprender. São Paulo: Parábola Editorial, 2016.




DOI: http://dx.doi.org/10.18224/gua.v8i2.6859

Rodapé - Fragmentos
 

Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição Sem Derivações 4.0 CC BY-NC-ND


GUARÁ | Departamento de Letras | Pontifícia Universidade Católica de Goiás | e-ISSN 2237-4957 | Qualis B2

Visitantes - (01/01/2011 - 02/05/2019)
País Usuários
Brasil 1.611
França 266
Estados Unidos 149
Portugal 39
Alemanha 38
Iraque 26
Ukrania 22
Yemen 20
Itália 18
Espanha 12
Total 2.303

Fonte: Google Analytics.