A PROSDIA DA PROSA

Luís Adriano Carlos

Resumo


Resumo: A ilegibilidade em Luís Serguilha pode ser entendida como uma categoria estética, uma dimensão ou atributo da sua elaboração artística que deriva da hysteresis do discurso, cujo resultado é a plurifacialização das articulações do sentido por meio da distorção sintáctica e morfológica, de onde emana uma especial reinvenção da palavra através dametataxe e do metaplasmo.
Palavras-chave: Kalahari. Multiplicidade de sentidos. Reinvenção da palavra.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18224/gua.v5i1.4729

Rodapé - Fragmentos
 

Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição Sem Derivações 4.0 CC BY-NC-ND


GUARÁ | Departamento de Letras | Pontifícia Universidade Católica de Goiás | e-ISSN 2237-4957 | Qualis B2

Visitantes - (05/09/2017 - 21/10/2019)
País Usuários
Brasil 2.138
França 268
Estados Unidos 162
Portugal 62
Alemanha 41
Iraque 26
Ukrania 22
Yemen 20
Itália 18

Fonte: Google Analytics.