De Fomes e Máculas

Francisca Zuleide Duarte de Souza

Resumo


Resumo: discute-se, neste trabalho, como se dá ficcionalmente, a questão da mulher,
seu processo de integração na cultura africana. Seu jugo imposto pelo europeu, especialmente
pelo português, seguido dos males daí decorrentes como a opressão social,
as frustrações no relacionamento afetivo, pois elas quase sempre se prostituíam, bem
como o drama vivido pelos filhos mulatos (que não são negros nem brancos). Soma-se
a isso, o esfacelamento que os brancos promovem de seus laços raciais, familiares e de
suas tradições míticas.

Palavras-chave: Literatura. Cultura africana. Identidade.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18224/gua.v2i1.2159

Rodapé - Fragmentos
 

Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição Sem Derivações 4.0 CC BY-NC-ND


GUARÁ | Departamento de Letras | Pontifícia Universidade Católica de Goiás | e-ISSN 2237-4957 | Qualis B2

Visitantes - (05/09/2017 - 21/10/2019)
País Usuários
Brasil 2.138
França 268
Estados Unidos 162
Portugal 62
Alemanha 41
Iraque 26
Ukrania 22
Yemen 20
Itália 18

Fonte: Google Analytics.