Memória Social e Experiência Poética em Adélia Maria Woellner, Arriete Vilela e Virgínia Vendramini

Antonio Donizeti da Cruz

Resumo


Resumo: palavra poética e memória são elementos basilares na poesia de Adélia Maria Woellner, Arriete Vilela e Virgínia Vendramini. Ao elaborar uma poiesis alicerçada em um mundo de significações, as poetas realizam um fazer poético que direciona à condição humana: transitoriedade e permanência. A temática social ? na obra das Artistas da Palavra ? está alicerçada numa construção poética capaz de valorizar os sentimentos de amor, participação frente aos inquietantes desafios que a vida impõe. Na criação literária as Artistas da Palavra (re)inventam mundos e dão sentidos à vida através das palavras, ou seja a palavra-memória é o fator imprescindível que movimenta as aspirações e sentimentos do sujeito poético, pois no momento da recordação o eu rememora, com profundidade, os acontecimentos e experiências anteriormente vivenciados. Os textos de Woellner, Vilela e Vendramini, lapidados no cinzel da memória, instauram um procedimento poético em que a palavra poética tem o poder de despertar no leitor uma atenção voltada para as coisas mais simples, sensíveis, pois a linguagem é sinal de vida e permanência.

Palavras-chave: Palavra poética. Linguagem. Lírica. Vozes Femininas.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18224/gua.v1i1.1736

Rodapé - Fragmentos
 

Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição Sem Derivações 4.0 CC BY-NC-ND


GUARÁ | Departamento de Letras | Pontifícia Universidade Católica de Goiás | e-ISSN 2237-4957 | Qualis B2

Visitantes - (05/09/2017 - 21/10/2019)
País Usuários
Brasil 2.138
França 268
Estados Unidos 162
Portugal 62
Alemanha 41
Iraque 26
Ukrania 22
Yemen 20
Itália 18

Fonte: Google Analytics.