Porridge: a Culinary Review

Marcelo Calderari Miguel, João Batista Villas Boas Simoncini, Bruno Lobão Barroso, Maximiliano Calderari Miguel

Resumo


Discusses a retrospective study of Brazilian cuisine, offering support for a fuller consideration of the scenery of power in history, construction symbolic of the nation. However, realizing the reality is entering the Brazilian essence, therefore, when one talks about food it is impossible to forget hunger. Wherefore porridge is entering the world folk, historical and social of a country that reinvents itself every day, so, it is necessary to revisit our revenues and kitchens. This work was structured with a literature review of research to contribute to the cultural knowledge of porridge on the historical formation of Brazil and economic, in addition, aims to promote an appreciation of the ingredients, spices and authentic recipes of this land..

Mingau: uma culinária revisita

Este trabalho faz estudo retrospectivo da cozinha tradicional brasileira, oferecendo subsídios para uma reflexão mais ampla sobre o panorama da alimentação na história e na construção simbólica da nação. Porém, perceber a realidade é adentrar na essência brasileira, deste modo, quando se fala em alimentação não há como não pensar na consequência da falta da mesma: a fome. Falar do mingau é entrar no mundo folclórico, histórico e social de um país que se reinventa a cada dia, por isto, faz-se necessário revisitar nossas receitas e cozinhas. O presente trabalho foi estruturado com uma pesquisa de revisão bibliográfica visando contribuir para o conhecimento cultural do mingau na formação histórica e econômica do Brasil, além disso, visa promover uma valorização dos ingredientes, temperos e receitas genuínas dessa terra.


Palavras-chave


Culture and Society; Feeding; Hunger; Feeding History; Porridge; Alimentação; Brasil; Fome; História da alimentação; Mingau

Texto completo:

PDF

Referências


ATALA, Alex; CHAGAS, Carolina. Escoffianas Brasileiras. São Paulo: Larousse do Brasil, 2007.

AZEVEDO, Elaine de. Alimentação, sociedade e cultura: temas contemporâneos. Sociologias, Porto Alegre, v. 19, n. 44, p. 276-307, Jan. 2017. Disponível em: . Acesso em: 22 out. 2017. BRILLAT-SAVARIN. A fisiologia do gosto. São Paulo, SP: Companhia das Letras, 1995. 379 p.

CASCUDO, Luís da Câmara. História da alimentação no Brasil. 3. ed São Paulo: Global, 2004. 954 p.

DAMATTA, Roberto. Carnaval em múltiplos planos. In: Carnavais, malandros e heróis: para uma sociologia do dilema brasileiro. Rio de Janeiro: Rocco, 1997. Cap. II, p. 85-151.

CNFCP [Centro Nacional de Folclore e Cultura Popular]. Tesauro de Folclore e Cultura Popular Brasileira. 2017. Disponível em: < http://www.cnfcp.gov.br/tesauro/>. Acesso em: 10 set. 2011.

COME-SE. Paladar e Cozinha do Brasil. Jun. 2011. Disponível em: . Acesso em: 10 set. 2017.

FREIRE, Paulo. Educação e mudança. 31. ed. São Paulo: Paz e Terra, 2008. 79 p.

FREYRE, Gilberto. Casa-grande e Senzala: formação da família brasileira sob o regime da economia patriarcal. Rio de Janeiro: Record, 1995.

FURTADO, Celso. Formação econômica do Brasil. São Paulo: Companhia Editora Nacional, 1997.

KORSMEYER, Carolyn. The Taste Culture Reader: Experiencing Food and Drink. Oxford and New York: Berg, 2005.

LAROUSSE. Minidicionário Larousse da língua portuguesa. São Paulo: Larousse do Brasil, 2005.

MACIEL, Maria Eunice. Cultura e alimentação ou o que têm a ver os macaquinhos de Koshima com Brillat-Savarin? Horiz. antropol., Porto Alegre , v. 7, n. 16, p. 145-156, Dez. 2001. Disponível em: . Acesso em: 10 set. 2017.

MEDVED, Eva. The world of food. Lexington: Ed. Ginn and Company, 1981.

MEZOMO, Iracema F. de Barros. Os serviços de alimentação: planejamento e administração. Barueri, SP: Manole, 2002.

MIGUEL, Marcelo Calderari. Múltiplos olhares em prol da qualidade de serviços biblioteconômicos. Revista ACB, v. 22, n. 2 ESPECIAL, p. 192-207, jul. 2017. ISSN 1414-0594. Disponível em: . Acesso em: 23 set. 2017.

MINTZ, Sidney Wilfred. Comida e antropologia: uma breve revisão. Rev. bras. Ci. Soc., São Paulo , v. 16, n. 47, p. 31-42, Out. 2001. Disponível em: . Acesso em: 22 set. 2017.

MURRIETA, Rui Sérgio Sereni. Dialética do sabor: alimentação, ecologia e vida cotidiana em comunidades ribeirinhas da Ilha de Ituqui, Baixo Amazonas, Pará. Rev. Antropol., v. 44, n. 2, p. 39-88, 2001. Disponível em: . Acesso em: 10 set. 2011.

OLIVEIRA, Flávia Arlanch Martins de. Padrões alimentares em mudança: a cozinha italiana no interior paulista. Rev. Bras. Hist., v. 26, n. 51, p. 47-62, 2006. Disponível em: . Acesso em: 10 set. 2011.

REINHARDT, Juliana Cristina. História e alimentação: uma nova perspectiva. Rev. Vernáculo, v. 3, n. 3 [Dossiê Escravidão], p. 37-48, set/dez. 2000. Disponível em: . Acesso em: 10 set. 2011.

SARANDEIROS [grupo]. Comunidades tradicionais populares, folclore e sustentabilidades. Belo Horizonte, 2013. Disponível em: . Acesso em: 22 set. 2017.

TIGRE, Paulo Bastos. Gestão da inovação: a economia da tecnologia no Brasil. Rio de Janeiro: Elsevier: Campus, 2006.




DOI: http://dx.doi.org/10.18224/frag.v28i2.6057

Rodapé - Fragmentos
 

Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição Sem Derivações 4.0 CC BY-NC-ND


FRAGMENTOS DE CULTURA | Pontifícia Universidade Católica de Goiás | Instituto de Filosofia e Teologia | Sociedade Goiana de Cultura | e-ISSN 1983-7828 | Qualis B3

Visitantes - (01/01/2006 - 01/08/2019)
País Usuários
Brasil 34.046
Estados Unidos 1.488
Portugal 776
França 293
Moçambique 281
Angola 222
Espanha/td> 95
Chile 83
Colombia 74
Total 38.451

Fonte: Google Analytics.