Psicologia, Pedagogia e Disciplina na Formação Sacerdotal sem Culpas

Sílvio José Benelli

Resumo


Neste artigo, procuramos explicitar nossa perspectiva de pesquisa de doutorado em Psicologia Social, tendo como objeto de investigação e de análise a formação sacerdotal num Seminário Católico teológico. Nossa metodologia teórico-técnica-política pauta-se pela análise institucional. Analisamos a teoria da formação sacerdotal proposta por Marmilicz, enquanto um bom representante da produção teórico-técnica no campo da formação do clero, procurando problematizar sua perspectiva, seus impasses e sua perplexidade diante dos dados da realidade concreta. Uma análise dialética, focada no coletivo institucional, nos parece necessária e adequada para um equacionamento político, pedagógico e também místico dos problemas emergentes no Seminário Católico que estamos estudando.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18224/frag.v18i2.605

Rodapé - Fragmentos
 

Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição Sem Derivações 4.0 CC BY-NC-ND


FRAGMENTOS DE CULTURA | Pontifícia Universidade Católica de Goiás | Instituto de Filosofia e Teologia | Sociedade Goiana de Cultura | e-ISSN 1983-7828 | Qualis CAPES Preliminar 2019 = B1

Visitantes - (04/09/2017 - 03/12/2019)

Fonte: Google Analytics.