Analytical-Behavioral Therapy for Modification of Trichotillomania Behavior

Gina Nolêto Bueno, Kassia Chalon Águes

Resumo


This study aimed to identify the elicitors of trichotillomania problem-behavior of a participant, to design a behavior analytic intervention. It also aimed to control the target behavior and the negative emotional responses background trichotillomania, and to train alternative behaviors. The program consisted on phases: functional assessment, experimental functional analysis and final evaluation. Results: reduction of behavior-problem and the negative emotional responses.

Terapia Analítico-Comportamental na Modificação do Comportamento de Tricotilomania

Este estudo objetivou identificar os eliciadores do comportamento-problema tricotilomania de uma participante, para delinear uma intervenção analítico-comportamental. Objetivou também favorecer o controle do comportamento-alvo, das respostas emocionais negativas antecedentes à tricotilomania, e treinar comportamentos alternativos. O programa compôs-se das fases: avaliação funcional, análise funcional experimental e avaliação final. Resultados obtidos: redução de ocorrência do comportamento-problema e das respostas emocionais negativas.

Palavras-chave


Trichotillomania; Behavioral assessment; Applied behavior analysis; Behavior modification;Tricotilomania; Avaliação comportamental; Análise do comportamento aplicada; Modificação do comportamento

Texto completo:

PDF

Referências


ASSOCIAÇÃO AMERICANA DE PSIQUIATRIA. Manual Diagnóstico e Estatístico de Transtornos Mentais DSM-5. Tradução organizada por M. I. C. Nascimento et al. 5. ed.. Porto Alegre: Artmed, 2014.

BUENO, G. N.; BRITTO, I. A. G. S. Graus de ansiedade no exercício do pensar, sentir e agir em contextos terapêuticos. Em: M. Z. S. Brandão, F. C. S. Conte, F. S. Brandão, Y. K. Ingberman, C. B. Moura, V. L. M. Silva; S. M. Oliani (Orgs.). Sobre Comportamento e Cognição: clínica, pesquisa e aplicação (Vol. 12). Santo André: ESETec Editores Associados, 2003. p. 169-179.

BUENO, G. N. et al (2010). Remoção de reforçadores pode eliciar raiva: entenda e aprenda a controlar essa emoção. Em: M. R. Garcia, P. R. Abreu, E. N. P. Cillo, P. B. Faleiros; P. Piazzon (Orgs.). Sobre Comportamento e Cognição: terapia comportamental e cognitiva (Vol. 27). Santo André: ESETec Editores Associados, 2010. p. 234-241.

BUENO, G. N. O Processo Psicoterapêutico dentro do Behaviorismo: um estudo descritivo e exploratório. Dissertação de Mestrado não publicada. Pontifícia Universidade Católica de Goiás, 2002, Goiânia.

CUNHA, J. A. Manual de versão em português das escalas de Beck. São Paulo: Casa do Psicólogo Livraria e Editora, 2001.

GOULART-JUNIOR, R. M.; BRITTO, I. A. G. S. Intervenção Analítico-comportamental em Tricotilomania. Revista Brasileira de Terapia Comportamental-Cognitiva, 12(1/2), p. 224-237, 2010.

LAZARUS, A. A. Terapia Multimodal do Comportamento. Tradução organizada por U. C. Arantes. 2. ed. São Paulo: Manole, 1980.

LIMA, M. C. P. et al. Tricotilomania: dificuldades diagnósticas e relato de dois casos. Revista Paulista de Pediatria [online], v. 28(1), p. 104-108, 2010.

MANSUETO, C. S. et al. A Comprehensive Model for Behavioral Treatment of Trichotillomania. Association for the Advancement of Behavior Therapy Cognitive and Behavioral Practice, v. 6, p. 23-43, 1999.

MARTIN, G.; PEAR, J. Modificação de Comportamento: o que é e como fazer. Tradução organizada por N. C. Aguirre; H. J. Guilhardi. 8. ed. São Paulo: Roca, 2009.

SKINNER, B. F. Questões Recentes na Análise Comportamental. Tradução organizada por A. L. Neri. São Paulo: Papirus, 1991.

SKINNER, B. F. Ciência e Comportamento Humano. Tradução organizada por J. C. Todorov; R. Azzi. 11. ed. São Paulo: Martins Fontes Editora, 2003.

SKINNER, B. F. Sobre o Behaviorismo. Tradução organizada por M. P. Villalobos. 10. ed. São Paulo: Cultrix, 2006.

TOLEDO, C. L., TARAGANO, R. O.; CORDÁS, T. A. Tricotilomania. Revista de Psiquiatria Clínica, v. 37, p. 251-259, 2010.

TRICOLI, V. A. C.; LIPP, M. E. N. Manual da Escala de stress para adolescente. São Paulo: Casa do Psicólogo, 2006.

WOODS, D. W. et al. Understanding and Treating Trichotillomania: What We Know and What We Don’t Know. Psychiatric Clinics of North American, v. 29, p. 487-501, 2006.




DOI: http://dx.doi.org/10.18224/frag.v27i4.4764

 

Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição Sem Derivações 4.0 CC BY-NC-ND


FRAGMENTOS DE CULTURA | Pontifícia Universidade Católica de Goiás | Instituto de Filosofia e Teologia | Sociedade Goiana de Cultura | e-ISSN 1983-7828 | Qualis B3

Flag Counter