Educação para a Paz, um Caminho Possível para Combater a Violência e o Bullyng na Escola

Deusilene Silva de Leão

Resumo


Resumo: a cultura dominante, hoje mundializada, se estrutura ao redor da vontade de poder que se traduz na dominação da natureza do outro, dos povos e dos mercados. Esta comunicação se propõe a trazer a tona o debate sobre uma educação para a paz, dizendo que essa educação é um processo pelo qual se promovem conhecimentos, habilidades, atitudes e
valores necessários para induzir mudanças de comportamento que possibilitem a prevenir a violência, tanto em sua manifestação direta como em sua forma estrutural. Não há educação sem transformação. Não há mudança sem encontro, acolhimento e espaço de partilha.
Palavras-chave: Educação para a Paz. Violência. Bullying. Escola.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18224/frag.v26i1.4705

Rodapé - Fragmentos
 

Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição Sem Derivações 4.0 CC BY-NC-ND


FRAGMENTOS DE CULTURA | Pontifícia Universidade Católica de Goiás | Instituto de Filosofia e Teologia | Sociedade Goiana de Cultura | e-ISSN 1983-7828 | Qualis CAPES Preliminar 2019 = B1

Visitantes - (04/09/2017 - 03/12/2019)

Fonte: Google Analytics.