Sons do Silêncio: Relações entre o Paradigma da Teo-política do Alto Império Romano e o Conceito de Violência Simbólica em Bourdieu

Danilo Dourado Guerra

Resumo


Resumo: o século I traz consigo um conteúdo historiográfico significativo envolvendo as relações de poder e de dominação operadas pelo Império romano diante das comunidades do mundo mediterrâneo. Nesse breve estudo pretender-se-á analisar a relação entre a violência
simbólica e o paradigma da teo-política do Império dos Césares. Guardadas as políticas de interpretação que sustentam criminalizações e heroísmo exacerbados, isso é o que de forma parcial e fragmentária analisaremos nesse texto.
Palavras-chave: Violência simbólica. Teo-política. Poder. Império Romano.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18224/frag.v26i1.4675

Rodapé - Fragmentos
 

Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição Sem Derivações 4.0 CC BY-NC-ND


FRAGMENTOS DE CULTURA | Pontifícia Universidade Católica de Goiás | Instituto de Filosofia e Teologia | Sociedade Goiana de Cultura | e-ISSN 1983-7828 | Qualis CAPES Preliminar 2019 = B1

Visitantes - (04/09/2017 - 03/12/2019)

Fonte: Google Analytics.