O que a Mulher Siro-Fenícia pode Ensinar sobre Bullyng e Preconceito?

Carolina Bezerra de Souza

Resumo


Resumo: neste artigo, pretendemos discutir uma forma de combate à violência e o bullying através da religião, na interpretação aplicada da literatura sagrada como forma de motivação simbólica para uma cultura de paz e incentivo à resistência à violência e à aceitação
das diferenças. Inicialmente abordaremos o bullying como fenômeno social de reprodução de estruturas de poder e dominação. Em seguida faremos uma abordagem narratológica do texto de Mc 7, 24-30, o exorcismo da filha da mulher siro-fenícia, ali encontramos Jesus como
exemplo de pessoa que inicialmente recusa a alteridade, mas é humanizado pelo contato de uma mulher que é sábia, corajosa e resiliente e passa a aceitar as diferenças.
Palavras-chave: Bullying. Violência. Evangelho de Marcos. Resistência. Modelos de comportamento

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18224/frag.v26i1.4670

 

Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição Sem Derivações 4.0 CC BY-NC-ND


FRAGMENTOS DE CULTURA | Pontifícia Universidade Católica de Goiás | Instituto de Filosofia e Teologia | Sociedade Goiana de Cultura | e-ISSN 1983-7828 | Qualis B3

Flag Counter