Discurso Religioso, Legitimidade e Poder: algumas considerações a partir de Bourdieu, Foucault e Heller

Rodrigo Portella

Resumo


Este artigo pretende definir, a partir de Pierre Bourdieu e Michel Foucault, a questão da autoridade institucional-religiosa e a pretensão de oficialidade de seu discurso. Pretendemos, também, apontar questionamentos sobre a produção religiosa e a questão da verdade nela e de sua (re)significação pelos indivíduos, este último ponto com base em alguns pressupostos de Agnes Heller.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18224/frag.v16i78.46

Rodapé - Fragmentos
 

Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição Sem Derivações 4.0 CC BY-NC-ND


FRAGMENTOS DE CULTURA | Pontifícia Universidade Católica de Goiás | Instituto de Filosofia e Teologia | Sociedade Goiana de Cultura | e-ISSN 1983-7828 | Qualis CAPES Preliminar 2019 = B1

Visitantes - (04/09/2017 - 03/12/2019)

Fonte: Google Analytics.