Corporeidade e ludicidade no trabalho docente: o que dizem as educadoras?

Patrícia Vieira Bonfim, Lucia Helena Pena Pereira

Resumo


Este texto visa a analisar se a corporeidade e a ludicidade são aspectos considerados no primeiro ano do Ensino Fundamental. A pesquisa contou com observações e entrevistas e sinalizou em seus resultados que as professoras têm dificuldades para lidarem com a corporeidade e a ludicidade no trabalho docente, embora relatem a importância desses aspectos para a formação integral da criança.

Palavras-chave: Corporeidade. Ludicidade. Trabalho Docente.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18224/frag.v26i3.4571

Rodapé - Fragmentos
 

Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição Sem Derivações 4.0 CC BY-NC-ND


FRAGMENTOS DE CULTURA | Pontifícia Universidade Católica de Goiás | Instituto de Filosofia e Teologia | Sociedade Goiana de Cultura | e-ISSN 1983-7828 | Qualis CAPES Preliminar 2019 = B1

Visitantes - (04/09/2017 - 03/12/2019)

Fonte: Google Analytics.