"Protecionismo" Ambiental e Conflitos Sociais na Comunidade Bom Jesus, Uruará, Pará

Ivaíde Rodrigues dos Santos, Assis da Costa Oliveira

Resumo


Resumo: o artigo objetiva analisar o processo de disputa da ?questão ambiental na Comunidade Bom Jesus, por meio da análise de entrevistas locais sobre a fiscalização do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis. Discute-se modo de utilizar as normas legais para criminalizar os agricultores familiares, fazendo parte de uma estratégia de ?protecionismo ambiental e estigmatização dos sujeitos locais.
Palavras-chave: Protecionismo ambiental. Conflitos sociais. Direito ambiental. Direito dos povos e comunidades tradicionais.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18224/frag.v25i2.4182

Rodapé - Fragmentos
 

Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição Sem Derivações 4.0 CC BY-NC-ND


FRAGMENTOS DE CULTURA | Pontifícia Universidade Católica de Goiás | Instituto de Filosofia e Teologia | Sociedade Goiana de Cultura | e-ISSN 1983-7828 | Qualis CAPES Preliminar 2019 = B1

Visitantes - (04/09/2017 - 03/12/2019)

Fonte: Google Analytics.