Inclusão Social e Necessidades Especiais no Pris: por que se discutir?

Ana Beatriz Machado de Freitas, Márcia Helena Santos Curado

Resumo


Resumo:aborda-se a relevância de se discutir os fundamentos que balizam a perspectiva inclusiva no programa de extensão - Programa de Referência em Inclusão Social, da PUC Goiás (PRIS), considerando as dimensões éticas e político-educacional na trama dos valores dominantes do contexto socioeconômico e na articulação do fazer extensionista na Universidade no que concerne a um público de pessoas com necessidades educacionais especiais.
Palavras-chave: Inclusão. Educação. Extensão.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18224/frag.v24i0.3631

Rodapé - Fragmentos
 

Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição Sem Derivações 4.0 CC BY-NC-ND


FRAGMENTOS DE CULTURA | Pontifícia Universidade Católica de Goiás | Instituto de Filosofia e Teologia | Sociedade Goiana de Cultura | e-ISSN 1983-7828 | Qualis CAPES Preliminar 2019 = B1

Visitantes - (04/09/2017 - 03/12/2019)

Fonte: Google Analytics.