Extensão Universitária entre o Assistencialismo e o Compromisso com o Povo

Júlio da Silveira Moreira

Resumo


Resumo: pensa a extensão universitária na relação universidade/sociedade. O modelo economicista/produtivista instrumentaliza a universidade para o mercado e reduz a amplitude do seu fazer acadêmico. A reforma universitária de Córdoba/1918 lançou outro caminho, abrindo a universidade às lutas populares por grandes transformações históricas. Critica o assistencialismo recordando as diretrizes do Plano Nacional de Extensão Universitária.
Palavras-chave: Extensão universitária. Universidade operacional. Assistencialismo. Reforma universitária.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18224/frag.v24i0.3628

Rodapé - Fragmentos
 

Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição Sem Derivações 4.0 CC BY-NC-ND


FRAGMENTOS DE CULTURA | Pontifícia Universidade Católica de Goiás | Instituto de Filosofia e Teologia | Sociedade Goiana de Cultura | e-ISSN 1983-7828 | Qualis CAPES Preliminar 2019 = B1

Visitantes - (04/09/2017 - 03/12/2019)

Fonte: Google Analytics.