Ganho Ponderal Excessivo em Gestantes Atendidas em Serviço Público de Alto Risco

Jordana Carolina Marques Godinho, Marília Arantes Rezio, Ludimila Pereira da Silva, Ana Tereza Vaz Freitas, Karine Anusca Martins, Waldemar Naves do Amaral

Resumo


Resumo: o objetivo deste artigo é descrever o perfil de gestantes, em pré-natal de alto risco, e avaliar os fatores de risco associados ao ganho de peso excessivo, em uma maternidade pública. O ganho de peso gestacional excessivo foi associado ao diagnóstico de SHG e DMG, mulheres mais velhas que se encontravam no terceiro trimestre, com um intervalo, entre as gestações, superior a dois anos.
Palavras-chave: Gestação; Avaliação nutricional; Ganho de Peso; Perfil epidemiológico.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18224/frag.v24i0.3567

Rodapé - Fragmentos
 

Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição Sem Derivações 4.0 CC BY-NC-ND


FRAGMENTOS DE CULTURA | Pontifícia Universidade Católica de Goiás | Instituto de Filosofia e Teologia | Sociedade Goiana de Cultura | e-ISSN 1983-7828 | Qualis CAPES Preliminar 2019 = B1

Visitantes - (04/09/2017 - 03/12/2019)

Fonte: Google Analytics.