Romanos 5,12-14: Do Pecado Individual à Iniquidade Social, uma Jornada Rumo à Universalização da Fé Cristã

Misael Juvenil Vieira

Resumo


Resumo: a leitura exegética de Romanos 5,12-14 leva o leitor a descobrir que o Apóstolo Paulo não discorre sobre pecado, morte e Lei, com a finalidade de corrigir condutas puramente pessoais. Ainda que a abordagem sobre pecado e iniquidade seja dirigida especialmente à comunidade cristã, em Roma, Paulo sabe que dela faz parte pessoas de todas as culturas sob o domínio do Império. Ampliar a noção de pecado da esfera individual para a esfera social é, pois, uma forma de universalizar a fé cristã. Ao apresentar Adão como Pai da humanidade, Paulo abre caminho para se compreender o Deus dos hebreus, como Deus único. Convencer a sociedade imperial e sede do mundo, da origem e gravidade do pecado e da iniquidade abre caminho para a aceitação da justificação em Cristo Jesus.
Palavras-chave: Adão. Pecado. Morte. Iniquidade. Jesus.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18224/frag.v24i3.3333

 

Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição Sem Derivações 4.0 CC BY-NC-ND


FRAGMENTOS DE CULTURA | Pontifícia Universidade Católica de Goiás | Instituto de Filosofia e Teologia | Sociedade Goiana de Cultura | e-ISSN 1983-7828 | Qualis B3