Crítica do Dualismo Ontológico Racionalista Ocidental a partir da Decolonialidade e da Enación

Elias Nazareno, Ludimila Stival Cardoso

Resumo


Resumo: este texto tem como proposta discutir e problematizar a perspectiva vinculada ao dualismo ontológico racionalista ocidental a partir da perspectiva decolonial e do enfoque enactivo, procurando demonstrar como a partir da ocultação e subalternização de outras culturas e de outros saberes, o conhecimento ocidental provocou um empobrecimento das possibilidades de compreensão e entendimento do que é ser no mundo.
Palavras-chave: Dualismo ontológico. Interculturalidade. Decolonialidade. Enfoque enactivo.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18224/frag.v23i3.2948

Rodapé - Fragmentos
 

Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição Sem Derivações 4.0 CC BY-NC-ND


FRAGMENTOS DE CULTURA | Pontifícia Universidade Católica de Goiás | Instituto de Filosofia e Teologia | Sociedade Goiana de Cultura | e-ISSN 1983-7828 | Qualis CAPES Preliminar 2019 = B1

Visitantes - (04/09/2017 - 03/12/2019)

Fonte: Google Analytics.