Escrever o Desaparecimento de Si em Torno de Le Coupable, de Georges Bataille

Osvaldo Fontes Filho

Resumo


Georges Bataille (1897-1962), ao lado de Blanchot e Klossovski, é um dos autores solicitados por Michel Foucault ao indicar as maneiras de sair da filosofia. De fato, Bataille entra em filosofia pela porta da transgressão, a fim de subverter antigos idealismos filosóficos e evidenciar a selvagem impossibilidade de um Eu soberano. Encontrar as palavras que arranquem o sujeito do espaço de sua representação coerente: eis o desafio do escritor Bataille em face das linguagens de identidade. Tal desafio é aqui reportado nos momentos em que assume a voz autobiográfica, trama a subversão de seus espelhos de similitude e se torna o registro declaradamente dilacerante de uma ferida aberta da subjetividade.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18224/frag.v17i1.260

Rodapé - Fragmentos
 

Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição Sem Derivações 4.0 CC BY-NC-ND


FRAGMENTOS DE CULTURA | Pontifícia Universidade Católica de Goiás | Instituto de Filosofia e Teologia | Sociedade Goiana de Cultura | e-ISSN 1983-7828 | Qualis CAPES Preliminar 2019 = B1

Visitantes - (04/09/2017 - 03/12/2019)

Fonte: Google Analytics.