A Manifestação Experiencial dos Cristãos de Antioquia nos Cristianismos Originários e a Controvérsia da Circuncisão

Gilson Xavier de Azevedo

Resumo


Resumo: o objetivo desse artigo de revisão de literatura é refletir sobre
a formação dos cristianismos originários, focando a comunidade de Antioquia da Síria em consideração às controvérsias sobre relacionamentos de gentio-cristãos e judeu-cristãos em relação às prescrições judaicas de ritos domésticos e circuncisão adotadas pela Igreja de Jerusalém. O artigo perfaz a vertente histórica e bibliológica de tais
questões dentro do que é exposto em Atos e Gálatas, levando em consideração a fidelidade dos grupos originários de Paulo, Barnabé e João Marcos. Esta pesquisa histórico-crítica observa sobremaneira a influência citadina da grande acrópole, considerada por grupos judeus e cristãos como expressão helênico étnica, bem como seus riscos
em relação à desvirtualização do Espírito de Jesus.

Palavras-chave: Cristianismo primitivo. Controvérsias. Antioquia. Circuncisão

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18224/frag.v21i4.2232

Rodapé - Fragmentos
 

Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição Sem Derivações 4.0 CC BY-NC-ND


FRAGMENTOS DE CULTURA | Pontifícia Universidade Católica de Goiás | Instituto de Filosofia e Teologia | Sociedade Goiana de Cultura | e-ISSN 1983-7828 | Qualis B3

Visitantes - (01/01/2006 - 01/08/2019)
País Usuários
Brasil 34.046
Estados Unidos 1.488
Portugal 776
França 293
Moçambique 281
Angola 222
Espanha/td> 95
Chile 83
Colombia 74
Total 38.451

Fonte: Google Analytics.