A Alemanha Contemporânea como Novo Modelo de Governabilidade - Foucault e a Biopolítica

Eduardo Sugizaki

Resumo


Resumo: o presente trabalho é uma reflexão sobre a tentativa de Foucault de apresentar uma experiência da nossa modernidade, aquela da Alemanha pós-Hitler, onde o modelo de funcionamento do poder de governar teria suprimido a soberania, segundo o modo como ela foi entendida no projeto filosófico contratualista, dos séculos XVII e XVIII, para dar lugar a um novo modelo de governabilidade, que o filósofo francês considera ser biopolítico.

Palavras-chave: Soberania política. História da Alemanha contemporânea. Biopolítica.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18224/frag.v21i3.2067

Rodapé - Fragmentos
 

Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição Sem Derivações 4.0 CC BY-NC-ND


FRAGMENTOS DE CULTURA | Pontifícia Universidade Católica de Goiás | Instituto de Filosofia e Teologia | Sociedade Goiana de Cultura | e-ISSN 1983-7828 | Qualis B3

Visitantes - (04/09/2017 - 21/10/2019)
País Usuários
Brasil 40.152
Estados Unidos 1.530
Portugal 886
Moçambique 331
França 297
Angola 255
Espanha/td> 105
Chile 96
Colombia 85

Fonte: Google Analytics.